Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cidade
Jovem catarinense e cachorro que viajavam de Fusca morrem em acidente nos EUA
Jesse Koz, de 29 anos era morador de Balneário Camboriú e saiu com o cachorro Shurastey para percorrer as Américas de Fusca
NSCTotal
por  NSCTotal
24/05/2022 16:03 – atualizado há 23 dias
Continua depois da publicidadePublicidade

Jesse Koz, o morador que saiu de Balneário Camboriú para percorrer as Américas de Fusca, no projeto Shurastey or Shuraigow?, morreu em um acidente de trânsito nos Estados Unidos, na manhã desta segunda-feira (23). Aos 29 anos, o homem teria se perdido em uma curva e batido de frente contra outro carro, informaram jornais locais. Jesse pretendia chegar ao Alasca, sempre acompanhado pelo cachorro Shurastey.

Jesse e Shurastey estavam na estrada desde 2017(Foto: Arquivo Pessoal)

Conforme o jornal Mail Tribune, Jesse estava em uma rodovia na cidade de Grants Pass, no Estado de Oregon, quando teria se perdido em uma curva e batido de frente contra outro veículo na manhã desta segunda. Ele e o cão morreram. O outro motorista ficou ferido.

Nas redes sociais, a tia de Jesse confirmou as mortes: “Nossos viajantes nos deixaram”, lamentou. Informações sobre o velório ainda não foram divulgadas, mas a família está resolvendo as burocracias necessárias para que os corpos sejam trazidos ao Brasil.

Shurastey or Shuraigow?

Jesse Koz e Dodongo, o fusca dele, chegaram a Nova York no mês passado. O homem saiu de Balneário Camboriú, no Litoral Norte, em 2017, para percorrer as Américas. O objetivo dele era chegar ao Alasca em setembro, contou ao G1/SC.

Jesse chamava a atenção por rodar com seu fusca 1978 por diversos países. Tinham sido 16, com uma pausa em 2020 por conta da pandemia do coronavírus. As viagens faziam parte de um projeto chamado “Shurastey or Shuraigow?”, uma adaptação inspirada na música “Should I Stay or Should I Go” (traduzido do inglês Devo Ficar ou Devo Ir), sucesso da banda The Clash.

No Instagram, mais de 409 mil pessoas acompanhavam as aventuras diárias do trio Jesse, Dodongo e Shurastey. Agora, a rede social está repleta de mensagens de pesar.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE