Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Economia
Custos de produção de suínos e de frangos de corte reduzem pela primeira vez no ano
Os estados de Santa Catarina e Paraná são usados como referência nos cálculos por serem os maiores produtores nacionais de suínos e de frangos de corte, respectivamente.
EMBRAPA Aves e Suínos
por  EMBRAPA Aves e Suínos
23/05/2022 07:52 – atualizado há 2 dias
Continua depois da publicidadePublicidade

Os estados de Santa Catarina e Paraná são usados como referência nos cálculos por serem os maiores produtores nacionais de suínos e de frangos de corte, respectivamente. Os custos de produção de frangos de corte e de suínos tiveram em abril a primeira redução no ano de 2022 segundo os estudos publicados pela Central de Inteligência de Aves e Suínos da Embrapa. O ICP-Frango baixou 3,22% no mês de abril em relação a março, fazendo o índice recuar aos 431,89 pontos. Já o ICP-Suíno caiu 5,20% no mesmo período, chegando aos 428,55 pontos. A queda no Frango foi influenciada pela variação de menos 3,35% nas despesas operacionais com a alimentação das aves, que representou 75,8% do custo total de produção. Com isso, o custo de produção do quilo do frango de corte vivo no Paraná, produzido em aviário tipo climatizado em pressão positiva, baixou R$ 0,19 em abril com relação a março, chegando aos R$ 5,58. De janeiro até abril, o ICP-Frango acumula alta de 7,03%.

No Suíno, a baixa também foi causada principalmente pela influência dos gastos com nutrição ( menos 5,86%). O custo total de produção por quilograma de suíno vivo produzido em sistema tipo ciclo completo em Santa Catarina caiu R$ 0,41 no mês, chegando aos R$ 7,49. Agora, nos primeiros quatro meses do ano, o ICP-Suíno acumula 7% de alta. Os custos de produção são uma referência para o setor produtivo. Assim, os resultados publicados na CIAS são derivados de coeficientes de produtividade pré-fixados, variando mensalmente apenas o preço dos insumos e fatores de produção. Além disso, suinocultores independentes e avicultores sob contratos de integração devem acompanhar a evolução dos seus próprios custos de produção. O aplicativo da Embrapa agora permite gerar relatórios dinâmicos das granjas, do usuário e das estatísticas da base de dados. Os relatórios permitem separar as despesas dos custos com mão de obra familiar.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE