Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Pixabay
Agro
Maçãs da Epagri ganham o mundo sob a marca Sambóa
O anúncio da nova marca foi feito durante a Fruit Logistica, a maior feira de exposição e de negócios voltados ao setor frutícola do mundo.
Agrolink
por  Agrolink
25/04/2022 21:27 – atualizado há 7 horas
Continua depois da publicidadePublicidade

Os cultivares de maçã Luiza, Venice e Isadora, desenvolvidos pela Epagri, serão comercializados no mundo sob a marca SAMBÓA, registrada pelo Grupo Rivoira. Há mais de 20 anos a Epagri mantém cooperação com a International Fruit Obtention (IFO) para colocar no mercado internacional os cultivares de macieira desenvolvidos pela Empresa catarinense. Coube à IFO intermediar e selar o acordo com o Grupo Rivoira.

“O projeto Brazilian Variety vem sendo preparado há seis anos e, finalmente, a marca que dará identidade às frutas dessas três variedades foi lançada oficialmente”, comemora Marcus Vinicius Kvitschal, pesquisador e melhorista de macieira da Epagri, atualmente lotado na Estação Experimental de Caçador. O anúncio da nova marca foi feito durante a Fruit Logistica, a maior feira de exposição e de negócios voltados ao setor frutícola do mundo, realizada em abril, em Berlim, na Alemanha.

Gerhard Dichgans, administrador do projeto, disse: “Não é Samba, não é Samoa, mas sim uma mistura de alegria, vitalidade e prazer do Brasil e das Ilhas do Pacífico, refletindo a herança brasileira do trio, que evoca o verão onde quer que você esteja ou onde você quiser estar”.

Marcus Vinicius destaca ainda que a sociedade catarinense, assim como a Epagri, serão as grandes beneficiadas com essa parceria internacional. Isso porque a venda das frutas produzidas a partir dos cultivares da Epagri garantem royalties à Empresa, que serão revertidos em mais pesquisas no setor.

Melhoramento genético

A Epagri é a única empresa pública do Brasil a fazer melhoramento genético da macieira. Esse trabalho já colocou à disposição dos fruticultores 20 cultivares de maçã de alta qualidade, adaptados ao nosso clima, resistentes a doenças e com alta produtividade.

Cada cultivar leva ao menos duas décadas para ser desenvolvido, desde a realização dos cruzamentos, avaliações e seleções. O objetivo é destacar características que interessam aos produtores e também aos consumidores – como crocância, suculência, sabor, cor e formato dos frutos, bem como adaptação ao clima brasileiro e resistência a pragas e doenças.

A Empresa também desenvolve e difunde uma série de tecnologias de produção, manejo de pomares, combate a doenças e tecnologia de armazenagem dos frutos com qualidade, cujos trabalhos são essenciais para garantir que o Brasil seja um dos maiores produtores de maçã do mundo, mesmo sob condições de clima tropical a subtropical.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE