Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cidade
Secretaria de Agricultura entrega cestas básicas para 100 famílias atingidas pela estiagem
Cada uma das 100 famílias está recebendo três cestas básicas.
Ascom Prefeitura de Erechim
por  Ascom Prefeitura de Erechim
08/04/2022 13:50 – atualizado há 19 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

Nesta semana, a equipe da Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento e Segurança Alimentar está percorrendo o interior do município para entrega de 300 cestas básicas recebidas do Governo Federal. A entrega contou com apoio da Cooperativa Nossa Terra e do Projeto Transformar.

A destinação foi feita devido ao reconhecimento do Decreto de Situação de Emergência devido à estiagem, homologado pelo Estado e pela União no fim do mês de janeiro. Cada uma das 100 famílias está recebendo três cestas básicas. São famílias que foram apontadas através do trabalho de agentes distritais e de saúde nas comunidades e estão cadastradas no CadÚnico. Essas famílias foram assistidas durante todo período de estiagem pela equipe técnica da pasta e também da Emater/RS-Ascar.

O secretário de Agricultura, Abastecimento e Segurança Alimentar, William Racoski, destaca a importância deste auxilio para as famílias. “Muitos produtores que plantam para consumo foram afetados, por isso da importância desse auxilio que chega para todo”, explica. O secretário comenta ainda, que em relação ao mês de fevereiro quando juntamente com outras Secretarias Municipais e a Defesa Civil, o município chegou a operar com cinco caminhões pipa para entrega de água para consumo humano e animal à mais de 50 famílias, atualmente apenas uma equipe vem realizando esse trabalho nas comunidades que não tem poços artesianos. Já foram mais de 3 milhões e 700 mil litros de água entregues.

Conforme relatório da Emater (Nov/2021 a Mar/2022), as perdas devido à estiagem do início do ano chegaram a 60% na cultura de milho, 70% na cultura de milho silagem, 40% na cultura da soja e 20% na produção leiteira.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE