Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Divulgação/Secom/PME
Cidade
Estiagem no RS: Sobe para 123 os municípios em emergência
A Emater confirma que em Erechim no mês de novembro choveu 86 milímetros e em dezembro 25 milímetros.
Rádio Guaíba/Redação
por  Rádio Guaíba/Redação
04/01/2022 20:20 – atualizado há 28 dias
Continua depois da publicidadePublicidade

Já chega a 123 o número de cidades gaúchas em situação de emergência em razão da estiagem. Os decretos mais recentes partiram das prefeituras de Cacique Doble, Colorado, Esperança do Sul, Montauri, Passa Sete, Pouso Novo, São Borja, São João da Urtiga, São Pedro do Sul, Sinimbu e Tupanci do Sul.

Já o número total de cidades afetadas pelas falta de chuvas subiu hoje para 140, já que 17 outros prefeitos encaminharam a documentação preliminar de ocorrência de desastre.

Já o número de decretos homologados pelo governo estadual se mantém em 15, o que reforça a necessidade de que as prefeituras agilizem o envio de documentos comprovando o registro de perdas em lavouras e a dificuldade de abastecer a população. Em Brasília, só 11 dos decretos foram reconhecidos pelo governo federal até o momento.

Erechim

A Secretaria de Agricultura de Erechim, juntamente com a Emater/RS-Ascar, aponta em dados prévios que a produção agrícola já está impactada pela falta de chuva. 

Nesta terça-feira a Defesa Civil, Secretaria de Agricultura, Câmara de Vereadores, Emater e entidades ligadas ao meio agrícola, decidiram pela decretação de situação de emergência em Erechim.  Estima-se prejuízos de 60% na produção de milho, 10% a 20% na produção de soja e 20% na produção leiteira. 

A Defesa Civil, em operação conjunta com a Força Voluntária, faz a distribuição de água no interior do município com quatro caminhões e tem condições de chegar a sete veículos nos próximos, caso se agrave a atual situação.

Ministra visita RS na semana que vem

Diante do agravamento da situação, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, vai visitar o Rio Grande do Sul na semana que vem. De acordo com a secretária da Agricultura, Silvana Covatti, ela vai percorrer in loco regiões do Estado atingidas pela estiagem, em data a ser confirmada.

Nesta quarta-feira, Silvana Covatti e Tereza Cristina terão uma reunião virtual para tratar de ações de socorro aos produtores que já declaram prejuízo.

Famurs convoca mobilização

O presidente da Famurs e prefeito de São Borja, Eduardo Bonotto, convocou todos os 497 prefeitos e prefeitas do Rio Grande do Sul para participarem de um debate que busque soluções rápidas para os municípios atingidos pela estiagem.

A reunião está marcada para a próxima segunda-feira, no auditório da federação, em Porto Alegre, a partir das 9h. A orientação é que os presidentes das associações regionais e entidades participem de forma presencial e os prefeitos de forma virtual.

Também foram convidadas entidades da agropecuária e autoridades.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...