Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Gente
Cantor Maurílio, da dupla Luiza e Maurílio morre em hospital de Goiânia
Músico de 28 anos, foi diagnosticado com tromboembolismo pulmonar e estava internado após passar mal na gravação de um DVD.
G1
por  G1
29/12/2021 17:27 – atualizado há 16 dias
Continua depois da publicidadePublicidade

O cantor Maurílio, que formava dupla com Luiza, morreu na tarde desta quarta-feira (29) em um hospital de Goiânia. Aos 28 anos, ele estava internado após sofrer um tromboembolismo pulmonar. Mais cedo, um boletim médico informou que ele teve piora no quadro clínico nas últimas 12 horas.

Maurílio foi internado na madrugada do dia 15 de dezembro, após passar mal durante a gravação de um DVD de outra dupla sertaneja. No dia, ele chegou a cair no palco e foi socorrido pelo produtor e pela parceira Luiza.

Ele e Luiza, que é natural de Belo Horizonte (MG), formavam uma dupla sertaneja desde 2016, quando a cantora foi passar as férias na cidade natal dele e o chamou ao palco para cantar com ela durante o aniversário de uma amiga em comum. O artista nasceu em Imperatriz, no Maranhão, era casado com Luana Gomes e antes de seguir carreira na música sertaneja, cursou ciências contábeis

A dupla cantava o sucesso "S de Saudade", com participação de Zé Neto e Cristiano. Esta foi a quinta música mais tocada no Brasil entre 2019 e 2020, no Spotify.

Tromboembolismo pulmonar

De acordo com o médico Wandervam Azevedo, o sertanejo sofreu um acidente de carro há cinco anos, quando teve várias fraturas pelo corpo e início de trombose. Depois da recuperação, ele passou a usar medicação contra a doença.

O médico explicou que tromboembolia pulmonar é a uma obstrução dos vasos da artéria pulmonar, que causa um coágulo, provavelmente da perna, que pode ir para o pulmão, coração ou cérebro, bloqueando o fluxo do sangue nesses lugares. Ele disse ainda que a doença é grave e que causa morte súbita em 25% dos casos.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...