Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Segurança
Delegado confirma apreensão de cinto usado para matar mulher em Concórdia
A boia utilizada pelo criminoso para levar o corpo até o lago também foi apreendida pela polícia.
AtualFM
por  AtualFM
09/12/2021 15:40 – atualizado há 3 meses
Continua depois da publicidadePublicidade

O delegado da Polícia Civil, Álvaro Optiz, responsável pela Divisão de Investigação Criminal de Concórdia, confirmou ao jornalismo da Atual FM que durante cumprimento de mandado de busca e apreensão foi possível localizar um cinto usado para matar Roseli Sttol e a boia usada no lago da usina hidrelétrica em Entre Rios, Alto Bela Vista, para desovar o corpo.

O material foi apreendido na casa do ex-companheiro da vítima, no bairro Sintrial, que foi preso no Rio Grande do Sul e confessou ter assassinado a mulher por asfixia. Ele teria usar o cinto para matar a vítima. A boia foi usada pela levar o corpo até o meio do lago da hidrelétrica para ocultação. Pedras foram amarradas no corpo para evitar que o corpo boiasse.

O autor do crime foi levado ao local para apontar com precisão onde o corpo foi deixado. Foto: Atual FM

O pedido da prisão preventiva que foi deferido pela Justiça da Comarca partiu da Delegacia de Proteção ao Idoso, Mulher, Adolescente e Criança, através da delegada Ediana Grenzel Person.

O delegado afirma que o inquérito deverá ser concluído em 10 dias quando será encaminhado para o Fórum da Comarca onde será dado os encaminhamentos. O homem deverá responder por feminicídio e ocultação de cadáver. O corpo da mulher segue desparecido e buscas foram retomadas nesta quinta-feira.

O autor do crime foi levado ao local para apontar com precisão onde o corpo foi deixado.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...