Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Rio Grande do Sul
Servidor do município de Erechim que se negar a vacina covid pode ser punido
Medida se estende a comissionados e estagiários. Prazo de 30 dias para comprovar vacina começa hoje.
Secom/PME
por  Secom/PME
17/09/2021 09:55 – atualizado há 2 meses
Continua depois da publicidadePublicidade

A partir desta sexta-feira (17) até o dia 17 de outubro de 2021, os servidores da Prefeitura de Erechim – efetivos, comissionados e estagiários – devem se recadastrar no Portal do Colaborador no site do Poder Executivo para comprovar o recebimento da vacina contra a Covid-19.

A medida está fundamentada no Decreto Nº 5.315 que considera, entre outros quesitos, a necessidade de adequações no processo de enfrentamento à pandemia, com procedimentos de prevenção, cuidados e fixação de medidas sanitárias, dentro de normas técnicas e, conforme disposto no Decreto Estadual Nº 55.882/2021.

Conforme a determinação, não tomar a vacina pode caracterizar falta disciplinar e o servidor ou o empregado público poderá ser punido, conforme sanções dispostas na Lei Nº 3.443/2002 que dispõe sobre o Regime Jurídico dos Servidores Públicos Municipais.

Dúvidas poderão ser sanadas com a Equipe da Divisão de Admissões e Demissões, pelo telefone 3520-7038, WhatsApp 3520-7038 ou e-mail rh.admissao@erechim.rs.gov.br.

O prefeito de Erechim, Paulo Polis disse que a vacina é a única forma do município vencer a pandemia, por isso, é preciso ter a adesão de todos. "Os servidores públicos têm um compromisso com a sociedade em imunizar-se e, assim, dar o exemplo e contribuir com a proteção de toda a população contra a Covid-19”, disse Polis.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...