Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Educação
Ministro da Educação vê como “urgente” necessidade da volta do ensino presencial
Milton Ribeiro citou avanço na vacinação e efeitos de longo prazo do fechamento de escolas para apelar a governadores e prefeitos.
Rádio Guaiba
por  Rádio Guaiba
20/07/2021 21:43 – atualizado há 2 meses
Continua depois da publicidadePublicidade

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, apelou nesta terça-feira, em pronunciamento nacional por rádio e televisão, pelo retorno às aulas presenciais mesmo em meio à pandemia de Covid-19, que já vitimou quase 545 mil pessoas no país.

Foto: Isac Nóbrega/PR

O chefe da pasta citou estudos internacionais apontando danos educacionais, psicológicos e sociais de longo prazo pelo fechamento das escolas, e também o avanço da vacinação contra Covid-19 no país para apelar a estados e municípios – a quem cabe fechar ou abrir as escolas – pela volta dos estudantes.

“Não podemos mais adiar este momento. O retorno às aulas presenciais é uma necessidade urgente”, afirmou Ribeiro. “O Ministério da Educação não pode determinar retorno presencial das aulas. Caso contrário, eu já teria determinado. Mas não o retorno a qualquer preço – que isso fique bem claro – fornecemos protocolos de biossegurança sanitários a todas as escolas”, acrescentou.

Com a melhora recente dos indicadores da pandemia e a aceleração da vacinação contra Covid-19, alguns estados já anunciaram a volta das aulas presenciais com até 100% dos estudantes. O modelo atual na maioria das unidades federativas é híbrido ou opera por meio de rodízio de alunos nas escolas e universidades.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...