Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Agro
Curso online de Plantas Medicinais, Condimentares e Aromáticas é realizado pela Emater/RS-Asca
As aulas são online e apresentadas pelo Canal da Emater/RS-Ascar no Youtube.
Assessoria Emater
por  Assessoria Emater
13/07/2021 22:30 – atualizado há 2 meses
Continua depois da publicidadePublicidade

Com mais de 2.500 pessoas inscritas, iniciou nesta terça-feira (13/07) o Curso de Plantas Medicinais, Condimentares e Aromáticas, promovido pelo Escritório Regional de Passo Fundo da Emater/RS-Ascar, vinculada à Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr). As aulas são online e apresentadas pelo Canal da Emater/RS-Ascar no Youtube.

Ingrid Mondadori - Alvorada/RS

De acordo com a coordenadora do curso e extensionista, Doriana Miotto, o Curso objetiva oportunizar espaço de troca de saberes sobre as plantas medicinais, condimentares e aromáticas, informar sobre a identificação, cuidados, boas práticas de cultivo e formas de preparo das plantas medicinais, condimentares e aromáticas. O curso está dividido em três dias. Neste primeiro, o foco é a identificação e cuidados no uso. Já na quarta-feira (14/07) serão abordadas as boas práticas na produção e no terceiro e último dia (16/07), o tema será as formas de uso e preparo das plantas medicinais, condimentares e aromáticas. A cada dia um grupo de extensionistas abordará os conteúdos.

Geraldo Sandri, presidente da Emater/RS, salientou na abertura do evento a presença de mais de dois mil inscritos de diversas áreas e mais de 300 pessoas de fora do Estado que estão prestigiando e têm interesse pelas Plantas Medicinais, Aromáticas e Condimentares. Segundo ele, este é um dos temas dentre muitos que a Emater/RS-Ascar trabalha para cumprir a missão de levar o desenvolvimento rural sustentável para o Rio Grande do Sul e até para fora dele. “Apesar de a pandemia nos afastar um pouco, ela nos permite, por outro lado, termos uma transmissão como esta pela internet, com maior possibilidade de alcance e um número grande de participantes de lugares distantes. Estou muito feliz que a Aters (Assistência Técnica e Extensão Rural e Social) esteja cumprindo seu papel”, destacou.

A extensionista da Emater/RS-Ascar do município de Barra Fundo, Edineia Copinger, abordou os cuidados no uso das plantas medicinais. “Os cuidados são importantes para que as plantas possam ser utilizadas de forma segura, sem causar danos à saúde e também para que todos os benefícios sejam aproveitados”, explicou. Dentre os cuidados estão a identificação correta, colheita, secagem e armazenagem adequadas, formas de uso e contraindicações das plantas medicinas.

O engenheiro agrônomo e extensionista da Emater/RS-Ascar, Gervásio Paulus fez uma abordagem sobre o trabalho com as plantas bioativas, que engloba as medicinais, aromáticas e condimentares, e os enfoques antropológico, pedagógico, ecológico, terapêutico, espiritual e econômico. O ponto alto foi a identificação botânica, de maneira a permitir que uma planta possa ser reconhecida como sendo da mesma espécie em diferentes partes do Estado, país ou mundo. “Existe uma nomenclatura botânica que é usada para isso, o que não impede nem invalida os nomes populares, mas para fins de comprovação e pesquisa se usa a sistemática botânica na identificação das plantas”, explicou Gervásio, que também abordou a comparação de plantas que geralmente causam confusão na identificação e suas características.

Também foram apresentados vídeos gravados pelas extensionistas da Emater/RS-Ascar de Mato Castelhano e Tapejara, Gleice Longo e Lisiane Rosa Carra, sobre as plantas malva, bardana, alcachofra, tançagem, sabugueiro, lavanda, cúrcuma, erva baleeira, pfáfia e ora-pro-nóbis.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...