Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Segurança
Polícia investiga causas do acidente envolvendo time de futsal no Paraná
Hipótese de falha no sistema de freios será apurada no trabalho investigativo.
Correio do Povo
por  Correio do Povo
09/07/2021 16:50 – atualizado há 1 mês
Continua depois da publicidadePublicidade

A Polícia Civil do Paraná abriu inquérito para apurar o acidente de trânsito ocorrido com o ônibus da equipe do Umuarama Futsal na manhã de quinta-feira no km 667 da BR 376, na descida da Serra do Mar, em Guaratuba, no Litoral Sul. Duas pessoas morreram e outras 20 ficaram feridas. No coletivo estavam atletas e comissão técnica, além de dois motoristas.

Ônibus tombou na curva do km 667 da BR 376, em Guaratuba | Foto: Reprodução / R7 / CP

A Polícia Científica do Paraná também apura as causas do tombamento do veículo em uma curva, distante apenas em torno de 200 metros de uma área de escape de emergência da rodovia, no sentido para Santa Catarina. Um caminhão e um automóvel foram atingidos.

Uma linha de investigação é a de que o coletivo teve uma falha no sistema de freios, conforme declarações à imprensa dos sobreviventes, como do técnico Nei Victor. Houve relatos de que o motorista começou a gritar que estava sem freio. A direção do clube, porém, assegura que o veículo, comprado em março deste ano, estava com as revisões em dia devido às constantes viagens.

O ônibus saiu no final da noite de quarta-feira e deveria chegar na manhã de quinta-feira em Jaraguá do Sul, em Santa Catarina, onde jogaria nesta sexta-feira pelas quartas de final da Copa do Brasil de Futsal.

Foto: Reprodução / R7/ CP

Um dos mortos foi o coordenador das categorias de base da equipe Paulo Vitor Gonzales, 30 anos, conhecido como Professor Vitinho, que comandava há cinco anos os times Sub-15 e Sub-17. A outra vítima fatal foi o motorista do ônibus, Osvaldo da Silva, 73 anos, que trabalhava desde 2010 para a equipe. Os corpos foram velados nesta sexta-feira no Ginásio Amário Vieira da Costa, em Umuarama.

Entre os 20 feridos, um total de 17 já teve alta hospitalar. No entanto, três vítimas permaneciam internadas, uma das quais com um quadro que inspira cuidados devido à gravidade dos ferimentos.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...