Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Segurança
Polícia Civil deflagra operação e desarticula organização criminosa atuante em 7 cidades do RS
Organização criminosa comandada por presidiário agia nas cidades de Passo Fundo e tinha ramificações em Soledade, Fontoura Xavier, Guaporé, Lajeado, Portão e Porto Alegre.
Secom PC
por  Secom PC
09/07/2021 10:38 – atualizado há 2 meses
Continua depois da publicidadePublicidade

Na manhã desta sexta-feira, a Polícia Civil, através Draco Passo Fundo, coordenada pelo Del. Diogo Ferreira, desencadeou a Operação Ataque Soviético, com foco em organização criminosa atuante em Passo Fundo e outras cidades do RS que agiam no tráfico de drogas e roubos, sob comando de criminoso recolhido no sistema prisional. Foram cumpridos 27 mandados de busca e apreensão e 4 mandados de prisão preventiva.

Divulgação Twitter PC

As investigações tiveram duração de 1 ano e elucidaram esquema criminoso articulado e comandado por criminoso condenado e recolhido no sistema prisional, onde dava ordens ao outros criminosos da organização para cometer crimes, compra, entrega e armazenagem de drogas.

A organização criminosa comandada por este presidiário agia nas cidades de Passo Fundo e tinha ramificações em Soledade, Fontoura Xavier, Guaporé, Lajeado, Portão e Porto Alegre.

A organização criminosa articulava assassinatos com diversos disparos, alusão aos ataques soviéticos da segunda guerra mundial, inclusive localizamos um vídeo mostrando uma execução nesses moldes e os criminosos comentando o modus operandi.

A operação teve apoio das delegacias da 6ª DPR, DRACO LAJEADO, DRACO SÃO LEOPOLDO, DPR SOLEDADE, 2ª DP PORTO ALEGRE, POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL E BRIGADA MILITAR (3º BPChoque e 3º RPMon).

Durante as buscas nesta manhã 4 pessoas foram presas preventivamente, apreendido um veículo, dinheiro e celulares.

Os presos serão encaminhados ao sistema prisional, juntamente com o líder do grupo que já estava preso.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...