Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Foto: Divulgação Emater/RS-Ascar
Cidade
Jovem de Três Arroios relata experiência no 1º Seminário Estadual do Programa Bolsa Juventude Rural
Evento foi realizado nesta quinta-feira (17), no sistema online e reuniu mais de 300 participantes.
Terezinha Vilk/Emater/RS
por  Terezinha Vilk/Emater/RS
18/06/2021 13:48 – atualizado há 3 meses
Continua depois da publicidadePublicidade

O primeiro Seminário Estadual do Programa Bolsa Juventude Rural, realizado nesta quinta-feira (17), no sistema online, reuniu mais de 300 participantes, na apresentação dos dados referente ao programa e orientações sobre acesso desta política pública direcionada aos jovens. Micheli Ingried Griesang Motter, 17 anos, da localidade de Lageado Antas, Três Arroios, uma das contempladas no programa, expôs suas expectativas. Micheli é estudante da Escola Estadual de Ensino Médio Nossa Senhora de Lourdes.

Ela apresentou projeto produtivo cujos recursos do programa Bolsa Juventude Rural serão aplicados no investimento para o aumento da produção de ovinos de corte, através da melhoria de alimentação com base em alimentos de origem orgânica. “Nosso objetivo é qualificar a alimentação com alimentos saudáveis, de baixo custo, melhorando assim as pastagens da propriedade e com alimentação natural à base de pasto, conseguindo um produto final com qualidade e baixo custo. Também visa agregar valor final ao produto e o incremento na renda familiar”, resumiu. Ela acredita que com aumento do consumo da carne ovina, a renda também aumentará.

Foto: Divulgação Emater/RS-Ascar

Micheli explicou o assessoramento que obteve da Emater/RS-Ascar para habilitar-se no programa e o acompanhamento. Na propriedade, com 12,3 hectares, a família atua com várias atividades agrícolas, dentre elas, a criação de gado e ovelhas. “Este é um projeto muito legal. Acredito que muitos dos jovens que estão mais informados podem acessar o programa nos próximos anos e que cada vez mais os jovens vão permanecer no campo. A persistência é o caminho do sucesso”, ponderou.

De acordo com os dados apresentados, o Programa Bolsa Juventude Rural, da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, (Seapdr), são 1.735 jovens atendidos. 2.036 bolsas disponibilizadas. Os dados e orientações de acesso ao programa foram repassadas por Emanuelle Cavazini Magiero, da Seapdr.

O seminário contou a participação da secretária da Agricultura, Silvana Covatti, do presidente da Emater/RS, Geraldo Sandri. O evento teve na mediação a coordenadora estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural e Social para Juventude Rural, Clarice Vaz Emmel Böck.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...