Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Divulgação
Cidade
Secretaria de Assistência Social promove "Varal Solidário"
Na ação do ‘Varal Solidário’, a Central de Doações disponibiliza roupas, calçados e cobertores à pessoas em situação de vulnerabilidade.
Ascom
por  Ascom
17/06/2021 17:17 – atualizado há 3 meses
Continua depois da publicidadePublicidade

A Secretaria de Assistência Social está realizando ações para minimizar os agravos causados pela pandemia, buscando efetivar o acesso da comunidade aos serviços ofertados pela secretaria e pelos Centros de Referência do município.

Na ação do ‘Varal Solidário’, a Central de Doações disponibiliza roupas, calçados e cobertores à pessoas em situação de vulnerabilidade. A 1ª Edição foi realizada no fim do mês de maio no distrito de Capo-Erê, destinada ao público usuário da política de assistência social.

A 2ª Edição desta ação, está agendada para o próximo sábado (19), e será realizada nas dependências do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) I, no bairro Progresso com início às nove horas da manhã até às duas da tarde.

A 3ª Edição do ‘Varal Solidário’ será no sábado (26), no CRAS III, no bairro Presidente Vargas, das nove da manhã às duas da tarde.

A 4ª Edição será no sábado (03/07), ainda com local a ser definido, mas deverá contemplar os usuários do CRAS II, do bairro Linho, com os mesmos horários, das 9h às 14h.

Divulgação

Além disso, a ação do ‘Varal Solidário’ conta com um mutirão, com outras ações como a participação dos técnicos de referência de vários setores da Secretaria de Assistência Social, atualização cadastral com técnicos do CadÚnico, encaminhamento e orientações dos técnicos da Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS), para elaboração da carteira de trabalho, encaminhamento e agendamento para emissão da Carteira de Identidade, encaminhamento e orientações para elaboração do Título Eleitoral e encaminhamentos e orientações de todos que se mostrarem interessados em adentrar no mercado de trabalho formal – com vagas disponíveis para o público atendido pelos CRAS.

“Queremos dar cara e voz a todos os cidadãos, principalmente àqueles que por inúmeras razões não conseguem acessar e garantir seus direitos, visto que, são muitas as mudanças, os serviços vão se tornando digitais, e muitas pessoas ainda enfrentam dificuldades com estes meios”, explica a secretária Clarice Moraes.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...