Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Edson Castro/Prime Comunicação
Esporte
Clubes se unem para viabilizar retomada do rally no RS
Primeira etapa da temporada 2021 terá protocolo sanitário e acontecerá sem a presença de público.
Edson Castro/Prime Comunicação
por  Edson Castro/Prime Comunicação
13/05/2021 19:28 – atualizado há 4 meses
Continua depois da publicidadePublicidade

A pandemia mudou a forma de fazer o esporte acontecer. No automobilismo não é diferente. No norte do Rio Grande do Sul é a união de cinco clubes que vai viabilizar a volta do rally de velocidade às pistas.

Os automóveis clubes de Severiano de Almeida, Estação, Panambi e Erechim, além do Erechim Auto Esporte Clube (Eaec), voltaram a formar uma espécie de comitê organizador para sediar, no final de maio, a abertura do Campeonato Gaúcho. Será a primeira corrida de rally de velocidade do Brasil nesta temporada.

Em 2020, a união destes mesmos clubes, possibilitou a retomada dos Campeonatos Brasileiro e Gaúcho. E o evento ficou conhecido como Rally Integração. Desta vez, muda a cidade e Aratiba entra pela primeira vez no calendário do Campeonato.

Novamente, um rígido protocolo vai balizar o evento, como forma de prevenir contra a Covid-19. O presidente do Automóvel Clube de Estação (ACE), ressalta que união de clubes será a maneira do rally acontecer em 2021. “Já havia sido assim em 2020, estamos em um momento de pandemia e onde somente com os esforços das entidades podemos realizar eventos como este”, ressalta.

Para Josimar Soccol, presidente do Automóvel Clube de Severiano de Almeida (Acsa), é importante que o automobilismo possa abrir a temporada 2021 neste momento. “O rally mais uma vez aqui na região é pioneiro no País como primeira corrida no Brasil, e mais uma vez os clubes se reuniram mostrando uma força, uma integração muito grande. Tudo está sendo feito para que haja a segurança necessária, seguindo e ampliando todos protocolos sanitários.

Aratiba vai ser a capital gaúcha do Rally nos dias 29 e 30 de maio/21

Queremos agradecer a administração de Aratiba pelo apoio e também todos os competidores que irão participar e com certeza vai acontecer da melhor forma”, pondera.

Vinicius Anziliero, do Automóvel Clube de Erechim (Acer), enfatiza que é gratificante poder fazer parte deste momento. “Já há algum tempo vínhamos tendo conversas com clubes co-irmãos afim de nos unirmos para fazermos as provas acontecerem, e nos momentos de mais dificuldades essa união se mostrou muito válida”, amplia.

O Automóvel Clube de Panambi (Aclupa), também se envolveu na organização do evento. O presidente, Fernando Krahe, frisa que mais uma vez a união dos apaixonados por automobilismo se faz presente, da mesma forma que em 2020. “Estamos unidos na mesma paixão, sem medir esforços em um momento tão delicado para todos, mas ao mesmo tempo, dentro da realidade e da seriedade que este momento de pandemia exige, cuidados com a saúde de toda organização e também competidores, realizar uma prova de rally de velocidade, nos deixa eufóricos e com a certeza que nosso esporte é maior que tudo. O Rio Grande do Sul é um estado apaixonado por rally de velocidade e se depender dos clubes, nosso esporte será cada vez maior”, diz.

Luan Balestrin, presidente em exercício do Eaec, diz que o esforço atual vai ajudar a viabilizar ações para a realização das demais etapas previstas para o ano. “Com todo cuidado que o momento exige, através de protocolo, vamos poder fazer o evento, levando a estrutura para uma sede nova, o que vai ajudar a conscientizar as pessoas de que não poderá haver presença de público no evento. A parceria entre os clubes, mostra a força que o esporte tem no RS”, finaliza.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...