Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Rio Grande do Sul
Ministério da Saúde determina reserva de vacinas da AstraZeneca para aplicação da segunda dose
A remesssa da AstraZeneca chegou a Porto Alegre nessa quinta-feira e a distribuição para os municípios gaúchos estava prevista para hoje.
Correio do Povo
por  Correio do Povo
07/05/2021 13:42 – atualizado há 1 ano
Continua depois da publicidadePublicidade

A partir de uma nova determinação do Ministério da Saúde, o governo do Rio Grande do Sul cancelou nesta sexta-feira a distribuição de 243.400 doses da AstraZeneca para os municípios gaúchos. O governo federal ordenou que as vacinas sejam reservadas, de forma integral, para a aplicação da segunda dose (D2) do imunizante.

A remesssa da AstraZeneca chegou a Porto Alegre nessa quinta-feira e a distribuição estava prevista para hoje. No entanto, devido à solicitação da pasta comandada por Marcelo Queiroga, o lote não será mais usado para avançar na vacinação de pessoas com comorbidades no Estado.

Foto: SES / Divulgação / CP

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES), as vacinas ficarão na Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Ceadi) até o momento adequado de distribuição. Com a reserva, serão atendidas as segundas doses dos vacinados com doses da 5ª remessa, distribuída no RS em 25 de fevereiro, da 9ª remessa, distribuída em 22 de março, e da 10ª remessa, distribuída em 26 de março. Para as D2 dessas três remessas, são necessárias 233.850 doses. O lote enviado na quinta-feira ao Estado é de 243.400. A diferença, de 9.450 doses, também ficará armazenada na Ceadi.

"Quando chegar próximo ao vencimento, distribuiremos os quantitativos aos municípios para que possam atender 100% das D2 dessas três remessas", explica Tani Ranieri, chefe da Divisão de Vigilância Epidemiológica do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs).

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE