Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Divulgação
Santa Catarina
Aulas presenciais são suspensas em Chapecó por avanço da pandemia e colapso na rede de saúde
Na rede pública, as aulas começam no dia 18 de fevereiro em formato 100% on-line.
Diário Catarinense
por  Diário Catarinense
12/02/2021 21:05 – atualizado há 3 meses
Continua depois da publicidadePublicidade

As aulas presenciais em Chapecó, no Oeste do Estado, foram suspensas por tempo indeterminado, devido ao aumento de casos de coronavírus e a crise na rede de saúde da cidade. O decreto, que determina novas medidas de enfrentamento à pandemia, foi assinado pelo prefeito João Rodrigues, nesta sexta-feira (12).

Já iniciadas, as aulas nas escolas particulares foram novamente interrompidas. As atividades da rede municipal e estadual, previstas para retornarem no dia 18 de fevereiro terão início com formato 100% on-line, informou hoje o jornal Diário Catarinense.

Além disso, as atividades extracurriculares presenciais na rede pública e privada também estão canceladas. A medida vale para todos os níveis de ensino, a partir de segunda-feira (15).

A decisão foi tomada após reunião do prefeito com os secretários e diretores, quando o grupo avaliou a necessidade do decreto, para frear o contágio da Covid-19. Na última terça (9), o gestor municipal chegou a declarar que condicionaria as suspensões de atividades ao colapso do atendimento de saúde.

UTI's lotadas no Oeste

A região Oeste vive um momento crítico, com 94,9% dos leitos gerais de terapia intensiva (UTI) ocupados. Se considerar as vagas disponíveis para adultos, a situação piora: 98,2% estão preenchidos. Das 72 pessoas hospitalizadas com confirmação ou suspeita de Covid-19 em leitos de UTI, 71 estão em leitos adultos.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...