Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Saúde
Governo gaúcho avalia aquisição da vacina russa Sputnik V
Imunizante ainda precisa ser aprovado pela Anvisa
Rádio Guaiba
por  Rádio Guaiba
22/01/2021 09:23 – atualizado há 29 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

O impasse na aquisição de matéria-prima para a produção interna de doses contra o novo coronavírus preocupa o Palácio Piratini. Com atraso no recebimento dos imunizantes, o governo do Estado avalia outras alternativas no mercado, como a vacina russa Sputnik V. O governador Eduardo Leite afirmou que o assunto já é discutido na Secretaria Estadual da Saúde (SES).

Foto: Instituto Gamaleya / Divulgação

O chefe do Executivo ressaltou, no entanto, que o imunizante russo só vai ser adquirido após ser aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). “Sobre a questão da vacina, temos acompanhado com preocupação os atrasos no recebimento das vacinas adquiridas no exterior ou aquelas que devem ser fabricadas no território nacional e dependem do IFA (matéria-prima para produção da vacina) que deve vir da China. E portanto a gente começa, sim, as tratativas. Hoje mesmo a Secretaria da Saúde deve estar fazendo reunião com a farmacêutica que deve vir a fabricar no Brasil a vacina russa Sputnik V”, destacou.

Conforme Leite, o Estado deu início às negociações para poder contar com outras opções. “Precisamos ter outros caminhos se houver uma frustração no envio de vacinas por parte do governo federal”, completou.

O governador ressaltou que ainda confia que as 2 milhões de doses da vacina da Astrazeneca, fabricada na Índia, sejam distribuídas rapidamente. “Mas a gente precisa de um volume maior, com segurança. Então a gente vai buscar outros caminhos e o que for necessário para que se garanta a imunização da população gaúcha”, afirmou.

o governador Eduardo Leite (PSDB), que já tem agenda em São Paulo na terça-feira (26), deve aproveitar a viagem para se reunir com representantes da empresa.

o governador Eduardo Leite (PSDB), que já tem agenda em São Paulo na terça-feira (26), deve aproveitar a viagem para se reunir com representantes da empresa.

O primeiro contato do Palácio Piratini junto à fabricante foi feito ontem, em uma reunião virtual que contou com a participação de representantes da Secretaria Estadual de Saúde (SES). Em entrevista ao Correio do Povo, Leite adiantou que a Sputnik V é avaliada como alternativa à distribuição de vacinas do Ministério da Saúde, que enfrenta resistências para a importação de insumos.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...