Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cidade
Caderno de RH : Inteligência Emocional x Gestão da Carreira
Habilidade comportamental fundamental para a carreira.
Michele Mocellinn
por  Michele Mocellinn
21/01/2021 15:10 – atualizado há 3 meses
Continua depois da publicidadePublicidade

A inteligência emocional é a habilidade de reconhecer os sentimentos e emoções em si e no outro. É se conhecer tão bem a ponto de conseguir administrar suas próprias emoções no dia a dia, no trabalho e na vida pessoal. Ela potencializa o autoconhecimento, melhora os relacionamentos pessoais e interpessoais, e também a forma como nos comunicamos. Esta habilidade comportamental é de suma importância na gestão da nossa carreira e já é uma das mais requisitadas no mercado de trabalho.

Quando uma pessoa consegue desenvolver sua inteligência emocional e aplicá-la, o desempenho melhora significativamente tornando-se um profissional menos estressado, pois passa a equilibrar melhor a pressão do dia a dia, gerencia melhor o tempo, estabelece conexões saudáveis e ainda consegue separar os problemas pessoais dos profissionais. Não é só o profissional quem ganha. A empresa se beneficia de um profissional mais assertivo, equilibrado, confiante e voltado para resultados.

Saber gerir suas próprias emoções é com certeza, o primeiro passo para entender como elas podem afetar diretamente no seu desempenho. Sua imagem profissional é também, construída através do seu comportamento e fator determinante para conquistar novas oportunidades na carreira. Resiliência e adaptação a mudanças são características de profissionais com essa habilidade comportamental.

Se você ou sua empresa ainda não entendeu que a inteligência emocional é uma condição indispensável para a organização e melhor gestão, faz-se necessário rever os conceitos de gestão de carreira e liderança.

O primeiro passo para desenvolver esta habilidade é, iniciar reconhecendo seus pensamentos negativos, tornando-os voltados para o desenvolvimento do autocontrole emocional. Criar limites para que suas emoções não aflorem no momento errado, fazendo com que desfoque do necessário. Também é imprescindível o autoconhecimento para saber quais as suas reais necessidades emocionais e relacionais para não entrar em modo de frustração ou, perder o interesse em almejar algo melhor na carreira.

E por fim, para fazer uma melhor gestão da sua carreira e dos seus funcionários, desenvolva a inteligência emocional e entenda que ela é sim, uma habilidade comportamental essencial para a vida profissional.

Michele Mocellinn é Mentora especialista em Carreira, Coach / Treinadora e Gestora de RH

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...