Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cidade
Primeiras doses da vacina contra Covid-19 chegam a Chapecó
Conforme informações divulgadas na segunda-feira (18), o início da vacinação em Chapecó está previsto para o final da tarde de terça-feira.
ClicRDC
por  ClicRDC
19/01/2021 13:18 – atualizado há 15 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

As primeiras doses da vacina contra a Covid-19 chegaram em Chapecó, na manhã desta terça-feira (18). O lote foi transportado de Florianópolis pela aeronave arcanjo do Corpo de Bombeiros. Santa Catarina recebeu, na manhã desta segunda-feira (18), 144 mil doses da CoronaVac. A regional de Chapecó, segundo divulgado pela Administração Municipal, deve receber 5.360 doses do primeiro lote.

Conforme informações divulgadas na segunda-feira (18), o início da vacinação em Chapecó está previsto para o final da tarde de terça-feira.

A Administração divulgou que do aeroporto Serafim Enoss Bertaso as doses vão para a rede de frios da macrorregional de Saúde, na antiga Secretaria do Oeste. Após serão distribuídas aos municípios, entre eles Chapecó.

Segundo Otilia Rodrigues a divisão foi feita pelo número de pessoas previstas na primeira fase de vacinação. “Esse lote é da primeira dose. A segunda dose, que está em Florianópolis, será encaminhada em 15 dias”, afirmou a coordenadora macrorregional.

Vacina chega a Chapecó – Foto: Diego Antunes

Grupos prioritários

O grupo prioritário de vacinação compreende 16 mil pessoas, entre profissionais de saúde, indígenas, maiores de 75 anos e maiores de 60 anos que estão em instituições como asilos e casas de repouso.

Conforme a Prefeitura, a expectativa é de que neste primeiro lote venham menos doses do que o necessário para este grupo. Por isso os primeiros que serão vacinados serão os profissionais que atuam nas UTIs Covid dos hospitais, depois do setor de enfermaria do Covid e, em seguida ambulatórios municipais do Ivo Silveira e Efapi. Somente na área de saúde são mais de seis mil pessoas.

A expetativa é de receber uma dose extra para a população indígena, que será imunizada nas aldeias de Toldo Chimbangue e Kondá. São cerca de mil indígenas em Chapecó.

A manhã desta terça-feira (19), foi marcada por uma missão importante do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC): transportar doses da vacina contra a Covid-19 para distribuição no Oeste e Extremo Oeste do estado.

“Esse é um momento extremamente importante para Santa Catarina e, mesmo que de uma forma diferente, nós estamos cumprindo a nossa missão de salvar. O Corpo de Bombeiros Militar esteve durante toda a pandemia disponível para os transportes de material e equipamentos e, mais uma vez, segue em parceria com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, para levar as vacinas para os catarinenses”, afirma o Comandante-Geral do CBMSC, coronel Charles Alexandre Vieira.

Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

A aeronave Arcanjo 02, do Batalhão de Operações Aéreas (BOA), foi empenhada para levar dez caixas, contendo 16 mil doses. As vacinas chegaram ao hangar do BOA por volta das sete horas da manhã de hoje e o avião partiu da Capital às oito.

“Esse transporte é um marco para a nossa atividade e isso demonstra a importância dessa parceria entre o Corpo de Bombeiros Militar e a Secretaria de Estado da Saúde, em que a gente consegue apresentar para a sociedade catarinense uma estrutura de logística e serviço aeromédico especializado, que só traz benefício aos cidadãos”, destaca o comandante do Batalhão de Operações Aéreas, Tenente-Coronel Sandro Fonseca

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...