Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Santa Catarina
Já estão em Santa Catarina as primeiras 144 mil doses da vacina contra Covid-19
A vacinação iniciará em Santa Catarina na tarde desta segunda-feira. As doses já saíram de São Paulo.
Secom/GovSC
por  Secom/GovSC
18/01/2021 10:31 – atualizado há 3 meses
Continua depois da publicidadePublicidade

Chegaram a Santa Catarina nesta segunda-feira (18) as primeiras doses da CoronaVac, vacina contra a Covid-19 do Instituto Butantan feita em parceira com o laboratório chinês Sinovac. Inicialmente, o Estado recebe 144 mil doses da vacina, conforme a Secretaria de Estado de Saúde. Um ato marcado para as 17h desta segunda na sede da Defesa Civil, em Florianópolis, marcará o início da imunização no Estado.

Foto: Cristiano Estrela, Secom)

A remessa com as 144 mil doses veio em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB), que deixou Guarulhos, na Grande São Paulo, e chegou por volta das 11h30min na Base Aérea de Florianópolis.

Durante a manhã, o secretário de Saúde de Santa Catarina, André Motta Ribeiro, informou que seriam aproximadamente 126 mil doses recebidas nesse momento, mas o número foi corrigido pela assessoria da Secretaria de Estado de Saúde (SES) posteriormente.

Da Base Aérea de Florianópolis, a remessa com as doses segue para a Central Estadual de Armazenagem e Distribuição de Imunobiológicos e Insumos, em São José. De lá, será realizada a distribuição da vacina por vias aérea e terrestre para os municípios de Santa Catarina.

Dentro do Estado, a escolta deve ficar a cargo de órgãos de segurança estadual, como a Polícia Militar. Nas regiões mais próximas à Capital, o transporte deve ser feito por rodovia, mas em áreas mais distantes, como o Oeste, aeronaves podem ser usadas no envio das doses.

Conforme o plano de vacinação, o primeiro grupo vacinado será formado por trabalhadores da saúde, a população idosa a partir dos 75 anos de idade, as pessoas com 60 anos ou mais que vivem em instituições de longa permanência (como asilos e instituições psiquiátricas) e a população indígena. Em Santa Catarina, o grupo é formado por 426.678 de pessoas, acima do total de doses recebido nesse momento (126.560).

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...