Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Educação
Participantes do Enem devem seguir protocolos de segurança
Mais de 5,7 milhões de pessoas irão prestar o exame.
JC/RS
por  JC/RS
15/01/2021 21:07 – atualizado há 1 minuto
Continua depois da publicidadePublicidade

A prova mais esperada do ano por muitos estudantes começa a ser aplicada neste domingo (17). Por causa do coronavírus, a prova impressa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, que estava prevista para acontecer em novembro, foi adiada para os dias 17 e 24 de janeiro. 

O formato da prova continua o mesmo, com 180 questões objetivas. A única novidade é que a prova digital irá acontecer pela primeira vez neste ano, nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro. ]

Essa semana, o pedido da Defensoria Pública da União (DPU) para o adiamento das provas foi negado. Na terça-feira, a DPU recorreu da decisão, alegando que não há como impedir a transmissão de Covid-19 entre os participantes e funcionários, fazendo com que a prova não seja segura. A juíza da 12ª Vara Cível Federal de São Paulo, Marisa Cucio, que indeferiu o primeiro pedido, acredita que as medidas adotadas são suficientes.

Ela definiu, porém, que caso haja lockdown em alguma cidade, impedindo a realização do exame, as provas sejam reaplicadas. Segundo o Ministério da Educação (MEC), a reaplicação ocorrerá nos dias 24 e 25 de fevereiro. É o caso do Amazonas que, com a piora da pandemia, suspendeu o exame.

O primeiro dia de Enem será destinado para as 45 questões de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, a Redação e as outras 45 questões de Ciências Humanas e suas Tecnologias. A aplicação tem duração de 5h30min. Já no dia 24, ocorrem as provas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias, com 45 questões cada, com duração de 5h. O resultado está previsto para ser divulgado no dia 29 de março.

Um cuidado especial dessa edição é o ensalamento. Os participantes de grupos de risco - idosos, gestantes e pessoas com doenças respiratórias ou com problemas de imunidade - que informaram sua condição na inscrição, serão alocados em salas diferentes. Pessoas com Covid-19 ou com sintomas não devem comparecer aos locais de aplicação e devem informar a condição na Página do Participante, antes da aplicação do exame.

Medidas de segurança adotadas

  •  Os portões abrirão 30 minutos mais cedo, às 11h30min, para evitar aglomerações;
  • O uso de máscara durante a prova será obrigatório. O participante poderá levar mais de uma para trocar durante o dia;
  • Durante a identificação do participante, será necessária a higienização das mãos com álcool em gel antes de entrar na sala. Nos locais de prova, serão disponibilizados recipientes próprios com álcool em gel e, no banheiro, os participantes serão orientados a lavar as mãos com água e sabão, antes e após o uso;
  • A vistoria de lanches e a revista eletrônica nos locais de provas, por meio do uso de detector de metais, também deverão respeitar os protocolos contra a Covid-19;

As escolas serão higienizadas antes da aplicação do exame e organizadas também para garantir um distanciamento social adequado. Além disso, a identificação dos participantes será realizada ao lado de fora das salas.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...