Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Agro
2020 – um ano que nos deixou muitos ensinamentos
Por Ivan Ramos diretor executivo da Fecoagro
Ivan Ramos - Dir. Fecoagro-SC
por  Ivan Ramos - Dir. Fecoagro-SC
04/01/2021 08:15 – atualizado há 4 meses
Continua depois da publicidadePublicidade

A nossa vida é um constante aprendizado. As nossas atividades profissionais precisam se reciclar, se atualizar, se aperfeiçoar a cada dia para podermos acompanhar o desenvolvimento, a modernidade, e em um passado recente, as novas tecnologias. Os mais experimentados na vida privada, familiar ou profissional, sabem que as coisas mudam a cada dia e se soubermos conviver com isso e assimilar as alterações, as mudanças são para melhor.

O ano de 2020 já passou. Estamos avaliando o que sobrou neste período de 365 dias; o que fizemos no nosso cotidiano e o que deixamos de realizar. A pandemia redirecionou nossa forma de agir.

Sofremos profissionalmente, perdemos em alguma coisa economicamente, nos frustramos em não poder realizar o que havíamos programado, mas estamos saindo vivos. Muitos não conseguiram isso, portanto, estamos no lucro, e nos conformemos, que dias melhores virão. Ficou o aprendizado.

Na Fecoagro não foi diferente. Conseguimos superar a crise, não apenas pandêmica, mas também econômica. As repercussões políticas no país e no exterior mexeram com nossos negócios. Como não estamos numa ilha, fazemos parte de um contexto mundial, não tem como não sermos atingidos, em maior ou menor intensidade, dependendo da atividade. Mas superamos a crise de 2020.

Nas nossas cooperativas, pelos dados disponíveis se saíram bem, no econômico e no social. Todas com bons resultados nas atividades desenvolvidas e também no relacionamento com seus associados, funcionários, clientes e fornecedores. E se a cooperativa é a extensão dos associados, no nosso caso, dos agricultores, significa que eles também foram bem nesse ano. A comunidade em que estamos inseridos sentiu mais de perto a ação das cooperativas, que participaram ativamente das campanhas de apoio à prevenção da saúde pública, e amparo aos mais necessitados. Os números são expressivos nesse sentido.

O agronegócio também, pode se dizer que foi bom. Apesar da pandemia, dos vendavais, da estiagem e dos alagamentos, no geral o ano foi positivo. O setor agropecuário continuou produzindo alimentos a população e garantido a renda aos agricultores e a sociedade em geral.

A Fecoagro cumpriu o seu papel de promover a integração e intercooperação; estimular negócios conjuntos para maior inserção dos pequenos e aproximar dos grandes para manter médias de resultados. Expandiu suas atividades com o aperfeiçoamento dos serviços e produtos, buscando sempre distribuir resultados proporcionalmente a quem de direito.

Portanto, apesar da crise estamos todos bem, e só ficou na estrada, desemparado quem fugiu do óbvio, isto é, não se cuidou na saúde nem no profissionalismo e também ignorou que pequenos podem ficar maiores se unidos; e grandes não perdem o que já têm, ao se unirem aos pequenos. Apesar dos pesares, o ano de 2020 foi positivo e a esperança é que em 2021, seja melhor. E só será melhor se continuamos unidos para enfrentarmos as adversidades. Pense nisso.

Ivan Ramos é Diretor Executivo da Fecoagro - Federação das Cooperativas Agropecuárias do Estado de Santa Catarina


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...