Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Economia
Produtores rurais gaúchos afetados pela estiagem recebem nova linha emergencial de crédito
A ideia do governo federal é facilitar a recuperação dos agricultores de pequeno e médio porte, enquadrados no Pronaf e no Pronamp.
O Sul
por  O Sul
28/12/2020 14:00 – atualizado há 33 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

Os produtores rurais que perderam as lavouras por causa da seca que atingiu os Estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, entre o fim de 2019 e o início de 2020, ganharam acesso a uma nova linha de crédito. O auxílio, aprovado pelo CMN (Conselho Monetário Nacional), está disponível desde a última quarta-feira (23).

A ideia do governo federal é facilitar a recuperação dos agricultores de pequeno e médio porte, enquadrados no Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar) e no Pronamp (Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural). O montante será liberado de acordo com as perdas comunicadas ao Proagro (Programa de Garantia da Atividade Agropecuária) entre 1º de setembro de 2020 e 31 de dezembro de 2020.

Foto: Arquivo/Defesa Civil

Para as operações no Pronaf, o limite de financiamento é de R$ 50 mil e no Pronamp, de R$ 300 mil, com juros de 4% e 5% ao ano, respectivamente. Em ambas as modalidades, a contratação pode ser feita até 15 de fevereiro de 2021. Para ter acesso à linha, o produtor deve seguir as recomendações do Zoneamento Agrícola de Risco Climático.

Os financiamentos para replantio não terão cobertura de seguro oficial, Proagro ou do PSR (Programa de Seguro Rural). A vistoria e análise de comprovação de perdas acima de 60%, com indenização do Proagro, foram flexibilizadas, assim como a liberação imediata da área para novo plantio.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...