Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Economia
Federasul e ACCIE se posicionam contra aumento de impostos no RS
Os empresários pedem um plano de recuperação do RS, com gestão e eficiência, com medidas econômicas que diminuam a máquina pública.
Assessoria/ACCIE
por  Assessoria/ACCIE
03/12/2020 18:22 – atualizado há 16 dias
Continua depois da publicidadePublicidade

Atento ao projeto que o governo do estado articula de prorrogação por mais quatro anos das alíquotas majoradas ICMS e a redução da faixa de isenção do Simples, os presidentes da Federasul e da ACCIE se posicionam contrários e cobram compromisso de Eduardo Leite: "quando assumiu o Governador Eduardo Leite, negociou que a tributação duraria somente dois anos".

“Não podemos ficar parados diante do descaso do Governo do Estado em continuar reduzindo a competitividade de nossas empresas, um desrespeito com quem mantém a economia do estado ativa, gerando empregos e renda para o próprio Estado. Esperamos, sim, Plano de recuperação do Rio Grande do Sul, com gestão e eficiência, com medidas econômicas que diminuam a máquina pública e não ao aumento de impostos. ” Presidente da ACCIE Fábio Vendruscolo.

A presidente da Federasul, Simone Leite reiterou o compromisso da entidade em não concordar ou apoiar qualquer tipo de oneração ou majoração de impostos. “o governo deveria ter dado à mão a classe produtiva e não impor um fardo pesado nas costas de todos”.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...