Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Edson Castro/Prime Comunicação
Esporte
Corinthians vence o Pato, leva título da Supercopa e garante vaga na Libertadores de futsal
Corinthians sagrou-se bicampeão da competição; o alvinegro paulista empatou com o Pato em 1 a 1 na prorrogação.
Assessoria/Corinthians
por  Assessoria/Corinthians
29/11/2020 19:14 – atualizado há 18 dias
Continua depois da publicidadePublicidade

O Corinthians conquistou o bicampeonato da Supercopa Brasil de Futsal neste domingo. Depois de uma final disputada e externamente desgastante, o Corinthians derrotou o Pato por 5 a 4 nas penalidades, em Erechim, no Rio Grande do Sul. Apesar do cansaço de duas partidas seguidas, os jogadores do time paulista viraram o jogo nas cobranças de pênaltis. Na prorrogação, as equipes empataram em 1 a 1. Além de erguer o troféu, o Corinthians garantiu uma vaga na Libertadores da América de Futsal 2021.

O jogo

O primeiro tempo da final foi um ótimo exemplo de jogo fluído e rápido, bem diferente das fases anteriores em que os times seguravam a bola e arriscavam pouco. Os goleiros Thiago e Careca trabalharam bastante. Aos 13 minutos, ânimos exaltados entre os camisas 7. Nenê e Tiaguinho deram um encontrão e o juiz precisou dar cartão amarelo aos dois para o jogo seguir em frente. Destaque para um chute perigoso do ala Murilo que bateu na trave e parou nas mãos do goleiro do Pato.

No segundo tempo o ímpeto das equipes diminuiu. A torcida, de casa por conta dos protocolos da Covid-19, viu um jogo mais arrastado e faltoso. Aos 10 minutos, uma jogada ensaiada do Pato Futsal deu um susto no goleiro Careca. O time paranaense tentou manter a bola no ataque e teve mais chances de gol. Faltando cinco minutos, Henrique quase abriu para o Corinthians, mas não deu e o placar ficou no 0 a 0.

A disputa foi para a prorrogação. Mais 10 minutos para definir o campeão da competição, que ainda garante vaga para a Libertadores de Futsal de 2021. Os jogadores do Corinthians exibiam sinais de cansado por conta das duas partidas seguidas, a semifinal foi disputada no sábado. Dentro da pequena área do Pato, Caio assumiu as vezes de goleiro e tirou uma bola cruzada do pivô Deives. No contra-ataque, 3 contra 1, o pivô Tiaguinho aproveitou o rebote e abriu o placar, 1 a 0. O goleiro Thiago sentiu, e Ramon assumiu o gol paranaense por alguns instantes. O empate veio depois de um passe longo de Nenê para Jackson Samurai. O ala aproveitou uma saída equivocada de do goleiro Thiago e igualou, 1 a 1. Na segunda etapa da prorrogação, a saída definitiva do goleiro Thiago foi importante no psicológico do Pato.

Com os times empatados em 1 a 1, a decisão seguiu para os pênaltis. Mais alto, o goleiro Obina assumiu o gol corintiano, como aconteceu na semifinal diante do Atlântico. O Pato deu a largada nas cobranças. Caio, Valença, Selbach e Tiaguinho balançaram as redes, enquanto Augusto, Mazetto e Romarinho não aproveitaram as chances. Deives, Daniel, Samurai, Éder Lima e Batalha converteram para a equipe do Parque São Jorge – Murilo e João Victor mandaram a bola no travessão e na trave, respectivamente. A disputa terminou em 5 a 4 para o Corinthians.

A Supercopa é um triangular e além das duas equipes finalistas contava com o Atlântico na fase inicial. O Pato chegou à decisão da competição após empatar na estreia com o Corinthians, por 1 a 1, e vencer o Atlântico na segunda partida, por 3 a 2. Corinthians e Atlântico disputaram neste sábado a outra vaga na final. O time alvinegro garantiu a classificação nos pênaltis, por 4 a 3, após empate no tempo normal em 3 a 3.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...