Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Divulgação
Rio Grande do Sul
Para tentar frear contaminação, entidades lançam carta aberta para mobilizar população e órgãos de segurança
Sindha, Sindilojas, CDL Poa, Sescon, Sinepe e Secovi assinam documento endereçado à sociedade porto-alegrense com pedido enérgico de mobilização
Assessoria/CAMEJO
por  Assessoria/CAMEJO
27/11/2020 15:50 – atualizado há 19 dias
Continua depois da publicidadePublicidade

Em comum acordo, e pactuados com a Prefeitura de Porto Alegre, entidades gaúchas que representam setores econômicos formularam uma carta aberta à população de Porto Alegre para dar início à uma forte mobilização a fim de evitar a disseminação do Coronavírus.

No documento, onde o tom de conscientização é enérgico, é feito o pedido para que sejam evitados todos os tipos de encontros sociais e aglomerações, bem como outras orientações. Também direcionada aos órgãos de segurança pública, a carta "implora" que Ministério Público, Brigada Militar, Guarda Municipal e a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico fiscalizem e apliquem punições à população e aos estabelecimentos que descumprirem protocolos.

Confira o conteúdo da carta na íntegra:

"Porto Alegre, 27 de novembro de 2020

Carta aberta à sociedade porto-alegrense:

Tem início hoje uma grande mobilização na Capital Gaúcha e todos precisam de você, morador e moradora de Porto Alegre. Não temos saída a não ser nos unirmos para tomarmos os devidos cuidados e conscientizarmos também aqueles que estão ao nosso lado. Se cuide e seja um mobilizador de cuidado pelo próximo.

Antes de tudo: evitem encontros sociais e aglomerações. O isolamento social ainda é nosso maior trunfo contra esse vírus ainda sem cura. Use máscara cobrindo totalmente nariz e boca, e oriente as pessoas mais próximas a fazerem o mesmo. Higienize as mãos com álcool gel a todo momento e lave com água e sabão sempre que tiver acesso. Evite espaços com grandes aglomerações e não seja responsável por organizar qualquer tipo de situação envolvendo grande número de pessoas.

Espalhe essa mobilização para familiares e amigos, pois se não agirmos com força total neste momento, teremos uma grave situação para enfrentar logo adiante. Vamos, juntos, reunir esforços para dobrar os cuidados, ainda que estejamos cansados, é verdade. Mas valerá a pena quando encerrarmos o ano com saúde.

Este passo é dado junto à população, mas também é um passo junto à segurança pública. Por isso, é urgente que também façam parte disso as forças de segurança da cidade, utilizando todo o seu aparato para fiscalizar e punir qualquer ação que coloque em risco esse ambiente. Neste mesmo sentido de mobilização, imploramos que Ministério Público, Brigada Militar, Guarda Municipal e a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico acompanhem de perto o cumprimento de protocolos por parte da população e dos estabelecimentos, garantindo, assim, que todos estejam engajados nesse movimento.

Precisamos tomar essa responsabilidade coletiva com urgência e salvar vidas. Somente com o envolvimento de todos essa mobilização terá os resultados necessários para sairmos dessa nova zona de perigo. Não há mais tempo a perder e podemos provar que com conscientização e empatia conseguimos cuidar uns dos outros.

Contamos com todos vocês!

  • Sindha
  • Sindilojas POA
  • CDL POA
  • SESCON-RS
  • SINEPE-RS
  • SECOVI"
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...