Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Clima
Metsul emite alerta de risco extremo de fogo em vegetação no RS
MetSul reforça o seu alerta que o risco de fogo está muito alto no RS com níveis extremos no Oeste e no Norte do Estado pela vegetação mais seca e o calor mais intenso.
Metsul
por  Metsul
24/11/2020 09:58 – atualizado há 22 dias
Continua depois da publicidadePublicidade

A MetSul alerta para o risco muito alto a extremo de fogo em vegetação no Rio Grande do Sul entre hoje e amanhã, particularmente na Metade Oeste. Desde o fim de semana queimadas vem sendo registradas em maior número e o cenário tende a piorar.

O fogo consumiu uma lavoura de trigo já colhida e parte de um um matagal em Cerro Largo, no Noroeste do Estado, na segunda-feira. Um caminhão-tanque, três retroescavadeiras e uma guarnição da Brigada Militar foram usados no combate às chamas. Um caminhão-pipa da Prefeitura de Salvador das Missões também auxiliou no enfrentamento do incêndio.

Na fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai, o fogo queimou vários hectares numa área de vegetação na linha divisória de Livramento e Rivera. A vegetação muito seca pela estiagem, o calor acima de 35°C e o forte vento contribuíram para o rápido alastramento do fogo.

Marcelo Pinto/A Plateia

Uma segunda estiagem neste ano de 2020 evolui no território gaúcho. Desde o mês de setembro a chuva tem sido muito irregular e com acumulados abaixo da média histórica. Apesar de a temperatura estar abaixo da média, especialmente a mínima, o tempo seco prolongado com baixa umidade no solo e vento tem favorecido a ocorrência de queimadas.

A MetSul reforça o seu alerta que o risco de fogo está muito alto no Rio Grande do Sul com níveis extremos no Oeste e no Norte do Estado pela vegetação mais seca e o calor mais intenso. Até amanhã são previstas marcas perto ou ao redor de 40°C no Oeste e no Noroeste gaúcho. Além disso, o vento com rajadas deve se fazer presente e rapidamente propagar o fogo em caso de queimadas.

O mapa acima mostra a projeção de risco de fogo entre hoje e amanhã do modelo meteorológico europeu. Observa-se que o risco é muito alto (marrom) a extremo (preto) na Metade Oeste do Rio Grande do Sul e alto em grande parte do território gaúcho.

Sob este cenário, muitos focos de incêndio em vegetação e queimadas devem ser esperados tanto nesta terça como amanhã, quarta, em diferentes pontos do Estado. Com o calor intenso e vento, pequenos focos de fogo podem rapidamente se alastrar e tomar grandes proporções. O Centro, o Noroeste, o Oeste e o Norte gaúcho são as áreas de maior risco com especial risco para áreas de reflorestamento e matas em margens de rodovias. A situação deve começar a melhorar na quinta pela ocorrência de chuva.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...