Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Rio Grande do Sul
Votar certo pra não se arrepender
Por Ivan Ramos diretor executivo da Fecoagro
Ivan Ramos - Dir. Fecoagro-SC
por  Ivan Ramos - Dir. Fecoagro-SC
13/11/2020 08:46 – atualizado há 10 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

Mais uma vez estamos diante de uma decisão importante para exercermos a nossa cidadania, com responsabilidade. As eleições municipais. No Brasil a cada dois anos temos tido eleições para os diversos cargos políticos. Neste ano será para elegermos nossos gestores municipais, no executivo e no legislativo. Há quem diga ser a eleição mais importante para o cidadão, afinal, vamos escolher prefeitos e vereadores, que convivem conosco no dia a dia. Quem nos ouve, dispensa atenções e podem resolver problemas mais emergenciais na nossa comunidade. Também é uma escolha importante, pois através dos eleitos agora que escolheremos outros cargos em nível estadual e federal nas eleições nos dois anos seguintes.

Há que se reconhecer que no Brasil houve muito amadurecimento e qualificação do eleitorado, que está mais bem informado e isso se deve muito tecnologia das redes sociais. É possível acompanhar o dia a dia dos políticos, independentemente do cargo a que foram escolhidos. Mas ainda há que se superar os interesses individuais e as pretensões próprias, quer dos políticos, quer dos eleitores. Se considerarmos a politica como missão nobre, certamente teremos melhores resultados, e entenderemos que os políticos devem tratar de decisões de interesse coletivo e não de um ou outro eleitor ou segmento da sociedade. Sabemos que cada setor tem suas demandas, e certamente deve se organizar para defender suas ideias, seus projetos e seus interesses, e isso não é proibido, e quem tiver melhor poder de mobilização e sensibilização dos eleitos, certamente terá maiores e melhores resultados.

Nós do setor agropecuário e cooperativista também precisamos agir assim. Escolhendo candidatos identificados com o nosso setor.

Temos dito que o setor agropecuário não é reconhecido pela importância que tem, mas também não nos envolvemos nas escolhas políticas e por essa razão acabam entrando aqueles que mais assumem posição política. É através dela que se decide no país, quer queiramos, quer não. Nossa missão na política é contribuir para que não só os outros setores tenham atendidas suas reivindicações. Trata-se de um direito legítimo de reivindicarmos com transparência e honestidade, sem paixões partidárias. Todos os partidos políticos tem seus méritos, porém, muito mais importante são os candidatos identificados com o nosso setor agropecuário e cooperativista.

Analisemos os candidatos, suas propostas, seu passado político e administrativo e escolhamos pelas suas qualidades pessoais também e não apenas pelas preferencias partidárias. Se escolhermos mal, por alguma influência ou interesse pessoal, depois não temos o que reclamar pelos próximos quatro anos.

Afinal, o voto é secreto e os resultados das ações dos políticos tem que ser para o bem coletivo e não de apenas alguém que se aproveita da política para conquistar seus objetivos próprios. Portanto, neste domingo, vote certo. Vote pelo seu município, pela sua comunidade. Pense nisso.

Ivan Ramos é Diretor Executivo da Fecoagro - Federação das Cooperativas Agropecuárias do Estado de Santa Catarina

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...