Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Segurança
Bombeiros seguem buscas por menina de 11 anos que desapareceu no mar em SC
Jovem de 19 anos, prima da criança, também se afogou e foi resgatada com vida, mas morreu no hospital.
Oeste Mais
por  Oeste Mais
10/11/2020 22:24 – atualizado há 28 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

O Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina retomou nesta terça-feira, dia 10, mais um dia de buscas à menina de 11 anos que desapareceu no mar da Guarda do Embaú em Palhoça, na Grande Florianópolis. Conforme o G1, a criança estava no mar na quinta-feira, dia 5, quando foi levada pela correnteza. A prima dela, de 19 anos, também se afogou e morreu.

Samanta Mineiro, entrou no mar para tentar resgatar a menina e também foi puxada pela maré. A jovem foi encontrada pelos guarda-vidas no mesmo dia, encaminhada ao Hospital Universitário, mas ela não resistiu e morreu no sábado, dia 7.

Jovem de 19 anos também se afogou e morreu no hospital (Foto: Reprodução)

Quando foi encontrada, Samanta apresentava grau seis de afogamento - que significa parada cardiorrespiratória e ausência de batimentos cardíacos. As duas são naturais do Rio Grande do Sul e passaram alguns dias na região com outros familiares.

Buscas na região

Desde que desapareceu, a menina é procurada pelo Corpo de Bombeiros. Pelo menos três equipes fazem buscas, com o auxílio de uma embarcação. Ao menos 100 quilômetros são monitorados por dia.

Conforme o comando do Corpo de Bombeiro da Região de Palhoça, os Costões da ilha da Três Irmãs, Corais, Lagoinha do Leste também são percorridos na tentativa de encontrar a criança.

Quer receber as notícias do Au pelo WhatsApp? Clique aqui e faça parte de um dos grupos!

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...