Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Divulgação
Cidade
Atenção: Covid-19 faz Alto Uruguai Gaúcho entrar em novo alerta
Na "Região 16" casos ativos aumentaram 85%, diz Comitê Regional.
Leonardo Bortolotto/Assessoria
por  Leonardo Bortolotto/Assessoria
30/10/2020 09:27 – atualizado há 29 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

O Comitê Regional de Atenção ao Coronavírus da AMAU - Associação de Municípios do Alto Uruguai, que mantém monitoramento nos 32 municípios e mais Rio dos Índios e Nonoai, com população estimada de 240 mil habitantes, detectou aumento considerável no número de novos casos.

Em informe publicado na manhã desta sexta-feira(30), o Comitê faz um breve histórico da pandemia nesta área, onde o primeiro caso confirmado da Covid na R 16 ocorreu em meados de março e nesse hiato de tempo, decorridos aproximadamente oito meses, ocorreram oscilações nos indicadores regionais.

Em 14/05 a região apresentava 39 casos ativos e esses números subiram para 543 até 22/07, quando se registrou o maior número de casos. A partir dessa data os indicadores começaram a dar sinais de descida chegando a 48 casos em 14/10.

Foi a partir da segunda quinzena de outubro que os números voltaram a subir. Segundo o mesmo histórico do Comitê Regional de Atenção ao Coronavírus da AMAU, no último dia 21 registravam-se 69 casos ativos e nesta sexta-feira(30) já são 128.

Os integrantes do Comitê Regional vão avaliar a nova situação e discutir novas ações de enfrentamento. A chamada "segunda onda" do Covid-19 em várias partes do mundo, deixa todos em alerta, diz o Jackson Arpini, coordenador do Comitê Regional da AMAU. "Soubemos que é temido, traiçoeiro e com alto poder de disseminação e com poder de letalidade. Por essa razão não podemos, em hipótese alguma, achar que a situação passou ou está equacionada. Não podemos cometer o equívoco de perder o que conquistamos com o esforço e trabalho da comunidade regional. Arpini diz que foi verificado que existe um certo relaxamento por parte da população” em relação aos cuidados.

Quer receber as notícias do Au pelo whatsapp? Clique aqui

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...