Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Economia
Governo amplia margem de empréstimo consignado para aposentados e pensionistas
O objetivo, conforme o governo, é possibilitar que "potenciais endividados tenham acesso a empréstimos consignados com juros menores"
Agência Brasil
por  Agência Brasil
02/10/2020 07:50 – atualizado há 1 minuto
Continua depois da publicidadePublicidade

O presidente Jair Bolsonaro assinou uma MP (medida provisória) que eleva, em cinco pontos percentuais, a margem de empréstimo consignado para aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional de Seguro Social).

Por ser uma MP, as regras entram em vigor imediatamente e são enviadas à aprovação do Congresso Nacional. Atualmente, quem recebe aposentadoria ou pensão pelo INSS pode solicitar empréstimos consignados que comprometam até 35% do valor do benefício, além de outros 5% para usar cartão de crédito na modalidade saque.

Com a MP, publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (02), o limite de comprometimento passará para 40% do benefício, mantidos os 5% para o saque. Segundo o Palácio do Planalto, o novo limite valerá para empréstimos concedidos até 31 de dezembro. O objetivo, conforme o governo, é possibilitar que “potenciais endividados tenham acesso a empréstimos consignados com juros menores”.

O empréstimo consignado é aquele cujas parcelas são cobradas diretamente na folha de pagamento ou benefício. Os juros são mais baixos porque o tomador não tem a opção de dar calote. Ao mesmo tempo, o limite é estabelecido para evitar que o titular do empréstimo entre em complicação financeira.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...