Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Pixabay
Saúde
Outubro Rosa alerta sobre prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama
A campanha é mais do que necessária: o câncer de mama é um dos três tipos de câncer com maior incidência no mundo.
Redação/ND
por  Redação/ND
01/10/2020 13:23 – atualizado há 43 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

O mês de Outubro já é conhecido mundialmente como um mês marcado por ações afirmativas relacionadas à prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama. O movimento, conhecido como Outubro Rosa, é celebrado anualmente desde os anos 90. O objetivo da campanha é compartilhar informações sobre o câncer de mama e, mais recentemente, câncer do colo do útero, promovendo a conscientização sobre as doenças, proporcionando maior acesso aos serviços de diagnóstico e contribuindo para a redução da mortalidade.

O nome da campanha remete à cor do laço que é um símbolo internacional usado por indivíduos, empresas e organizações na luta e prevenção do câncer de mama. É por esse motivo que durante esse mês a cor rosa ilumina a fachada de diversas instituições públicas e privadas iluminam suas fachadas com objetivo promover indicar a adesão ao movimento.

A campanha é mais do que necessária: o câncer de mama é um dos três tipos de câncer com maior incidência no mundo, ao lado dos cânceres de pulmão e o colorretal. Por ano, há uma média de 2 milhões de casos de câncer de mama diagnosticados no planeta

No Brasil, os números também são grandes. O Instituto Nacional do Câncer (INCA) estima que, de 2020 a 2022, sejam diagnosticados anualmente 66.280 novos casos de câncer de mama - isso significa que, a cada 100 mil mulheres, 62 terão a doença.

Dicas de prevenção ao câncer de mama

O Outubro Rosa sempre bate na tecla do diagnóstico precoce - porque, quanto mais cedo a doença for detectada, maiores são as chances de cura. Antes de tudo, é sempre bom lembrar que o estilo de vida também pode favorecer, ou não, o aparecimento do câncer. Excesso de peso corporal, sedentarismo, consumo de cigarros e álcool e terapia de reposição hormonal são alguns dos fatores que podem propiciar o câncer de mama.

Por isso, é importante ter uma dieta balanceada, rica em frutas e vegetais e com pouca gordura, e praticar atividades regulares, pelo menos por uma hora em três dias por semana.

Ah, e você sabia que a amamentação também é uma ótima forma de prevenção do câncer de mama? A recomendação é amamentar pelo maior número de meses possível.

Além de levar uma vida saudável e amamentar, é de extrema importância realizar os exames preventivos clínicos, como a mamografia, que detecta a presença de nódulos ou outras alterações nos seios.

Mas há também o autoexame, que deve ser feito em casa - e que não substitui, de forma alguma, os exames clínicos. O autoexame pode ser feito pela própria mulher, tocando os seios e axilas em busca de alguma alteração.

Alguns dos sintomas que podem ser detectados:

  • o nódulos nas mamas ou nas axilas,
  • inchaço de toda ou parte de uma mama (mesmo que não se sinta um nódulo), 
  • edema (inchaço) da pele, 
  • eritema (vermelhidão) na pele, 
  • inversão do mamilo, 
  • assimetria das mamas, 
  • espessamento ou retração da pele ou do mamilo, 
  • secreção pelos mamilos, 
  • inchaço do braço e 
  • dor na mama ou mamilo.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...