Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Divulgação
Economia
Maia deve engavetar projeto que limita juros de cartão de crédito e cheque especial
O Projeto foi aprovado nesta quinta-feira (6) e estabelece teto de 30% ao ano para juros de cartão de crédito e cheque especial.
Gazeta do Povo
por  Gazeta do Povo
07/08/2020 16:44 – atualizado há 3 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), sinalizou que não deve colocar para votar o projeto que limita em 30% ao ano os juros cobrados no cheque especial e no cartão de crédito durante a pandemia. Para Maia, uma intervenção do Congresso nesse sentido pode provocar efeito colateral em outras linhas, encarecendo e limitando o crédito para os consumidores.

Os bancos têm que criar novos produtos no lugar do cartão de crédito e do cheque especial. Não dá mais para a sociedade pagar essas taxas de juros. Mas as soluções não são de intervenção no mercado financeiro. As soluções têm que vir dos próprios bancos, disse Maia ao jornal O Estado de São Paulo.

Segundo o presidente da Câmara, o projeto aprovado na quinta-feira (6) pelo Senado é daqueles que "tem cara boa, mas gera muitos problemas".

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...