Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cidade
Prefeitura de Três Arroios flexibiliza algumas atividades esportivas e religiosas
Está autorizado o funcionamento de jogos esportivos na modalidade futebol de campo, futsal e voleibol com requisitos e condições.
Leonardo Bortolotto/Assessoria
por  Leonardo Bortolotto/Assessoria
03/08/2020 10:16 – atualizado há 27 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

A Prefeitura de Três Arroios autorizou o retorno de algumas atividades esportivas no município, dentro de uma série de regras sanitárias. O novo Decreto Municipal, Nº 2.884, já está em vigor e ficam estabelecidas medidas de flexibilização na prevenção e enfrentamento da pandemia do novo Coronavírus (COVID-19), além daquelas já editadas, bem como aquelas que podem vir a ser editadas.

Está autorizado o funcionamento de jogos esportivos na modalidade futebol de campo, futsal e voleibol com requisitos e condições. Não será permitida a presença de torcedores e/ou torcida nos jogos. As entidades deverão exigir e manter protocolo de cada atleta onde contenha, no mínimo, nome completo, telefone para contato e endereço em que possa ser encontrado. Não será permitida a aglomeração de pessoas antes ou após os jogos.

Também foram liberados os jogos de bocha nas canchas abertas ou fechadas para competições como lazer. Além de haver a higienização dos equipamentos e bolas para a atividade conforme protocolos exigidos para a prevenção da transmissão da COVID-19, ainda deverá ser observados os requisitos e especificações conforme parágrafo anterior.

As Missas e Cultos, desde que com limite máximo de 50% (cinquenta por cento) da capacidade de assentos do local, bem como, adotem as providências necessárias para garantir um distanciamento interpessoal mínimo de 1,5 e observem as medidas gerais do decreto de calamidade.

Em caso de não respeitar as determinações para o funcionamento das atividades permitidas, poderá a entidade e os eventuais participantes ser punidos com a paralisação das atividades, se estas estiverem ainda ocorrendo, a posterior interdição do local e, se for o caso, aplicação de penalidades de multa e cassação de alvará de localização e funcionamento, conforme previsto na legislação municipal e outras correlatas.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...