Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Divulgação
Santa Catarina
Santa Catarina cria 570 novos leitos de UTI e reforça medidas de prevenção à doença
Até o momento, o Estado contabiliza 31.616 recuperados de um total de 38.408 casos confirmados da doença.
Secom/SC
por  Secom/SC
09/07/2020 20:40 – atualizado há 39 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

O Governo do Estado tem atuado de maneira permanente para ampliar o atendimento e fazer o enfrentamento à Covid-19 em Santa Catarina. Desde o início, foram criados 570 novos leitos de UTI para atender aos pacientes em estado grave da doença. Eles estão distribuídos por todas as regiões catarinenses. Além disso, o Estado tem acompanhado de perto a evolução dos casos da Covid-19 e garantido suporte aos municípios na tomada de decisões.

Porém, com a queda de temperaturas e disseminação do novo coronavírus, torna-se fundamental reforçar as medidas de prevenção. O governador Carlos Moisés destaca a importância do trabalho conjunto. “Mesmo com o esforço constante do Governo do Estado, a prevenção é, e continuará sendo a melhor forma de combatermos esse vírus. Eu confio nos catarinenses. Sei que Santa Catarina, com o trabalho dos gestores e a conscientização da população, irá vencer essa batalha”, ressalta.

Até o momento, o Estado contabiliza 31.616 recuperados de um total de 38.408 casos confirmados da doença. De acordo com dados atualizados pela Secretaria de Saúde nesta quinta-feira, 9, foram pelo menos 107 mil testes do tipo PCR realizados e mais de 200 mil testes rápidos distribuídos. Além disso, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, já entregou, pelo menos, 279 respiradores adquiridos da WEG a unidades hospitalares em todas as regiões.

Santa Catarina é o segundo estado com menor incidência de mortes do Brasil e tem a menor taxa de letalidade (1,17%) entre os estados da região Sul e Sudeste.

O secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, lembra que, mesmo com o monitoramento constante e retomada responsável das atividades, o momento é de atenção. “A melhor forma de prevenir é não se contaminar com o coronavírus. Temos reforçado o cuidado que a população tem que tomar para evitar a disseminação. Temos trabalhado há 120 dias no COES para a ampliação da nossa rede hospitalar e habilitação de leitos", ressalta.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...