Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cidade
Confira os fatores que levaram cinco regiões à bandeira vermelha no Distanciamento Controlado
Após seguidos alertas da piora em hospitalizações por Covid-19 e da ocupação de leitos clínicos e de UTI, a macrorregião metropolitana ficou quase a totalidade em alto risco de contágio
Correio do Povo
por  Correio do Povo
20/06/2020 20:42 – atualizado há 40 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

Um dia depois do Brasil ultrapassar a marca de um milhão de casos confirmados do novo coronavírus, o governo do Rio Grande do Sul apresentou a atualização do modelo de Distanciamento Controlado com os dados mais críticos até o momento. Das 20 regiões, oito tiveram piora, das quais cinco foram de bandeira laranja para vermelha – Porto Alegre, Canoas, Novo Hamburgo, Capão da Canoa e Palmeira das Missões – e três passaram da amarela para a laranja – Pelotas, Cachoeira do Sul e Santa Cruz do Sul.

Após seguidos alertas da piora em hospitalizações por Covid-19 e da ocupação de leitos clínicos e de UTI, a macrorregião metropolitana ficou quase a totalidade em bandeira vermelha. Apenas a região de Taquara, que tem apresentado bons indicadores desde o início da pandemia, conseguiu a manutenção de bandeira amarela. Os números de internados por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em UTI, de pacientes Covid-19 em leitos clínicos (confirmados) e de pacientes Covid-19 em leitos de UTI (confirmados) tiveram aumentos entre as duas semanas.

Canoas é uma das regiões afetadas | Foto: Pablo Reis / Prefeitura de Canoas / Divulgação / CP

Confira a seguir os fatores que ocasionaram as mudanças em cada região, de acordo com dados do governo do Estado.

Porto Alegre

A Capital, cidade com mais casos confirmados no Estado, teve piora em seis dos 11 indicadores analisados: hospitalizações de casos confirmados aumentaram 54% em relação à semana anterior (137 ante 89), enquanto aquelas por SRAG cresceram 35% (212 contra 157). O número de internados e leitos clínicos Covid-19 teve variação de 47%, enquanto aqueles em leitos UTI específicos para a expandiram 36%. As mortes aumentaram 92%, com 23 falecimentos em uma semana. Conforme Leite, a projeção é de que 43 pessoas percam a vida por conta no novo coronavírus na próxima semana.

Novo Hamburgo

Na região de Novo Hamburgo, houve piora em oito critérios. Por exemplo, as hospitalizações de casos confirmados de Covid-19 aumentaram 154% em relação à semana anterior (61 ante 24), enquanto aquelas por síndrome aguda respiratória aguda grave cresceram 35% (212 contra 157). Já o número de óbitos aumentou 150%.

Canoas

Sete quesitos apresentaram regressão. A hospitalizações de casos confirmados de Covid-19 aumentaram 92% em relação à semana anterior (25 ante 13). O número de internados em leitos clínicos específicos para a doença expandiu de 140 para 206 (46%), enquanto aqueles internados em leito Covid-19 foram de 97 para 132 (36%). Além disso, a proporção de casos ativos para recuperados caiu de 132/213 para 234/270. Por outro lado, as mortes tiveram queda de 25%.

Capão da Canoa

A região apresentou crescimento nas quatro variáveis utilizadas para mensurar o avanço da doença, seja no indicador regional seja no macrorregional. As hospitalizações confirmadas para Covid-19 registrada nos últimos sete dias passaram de 10 para 13 entre as duas semanas. O aumento do número de casos ativos na última semana foi significativo, passando de 35 para 77 . Com respeito às hospitalizações confirmadas para Covid-19 registradas nos últimos sete dias por 100 mil habitantes, o indicador aumentou 30%, variando de 2,51 na atualização da semana passada para 3,27 nesta.

Palmeira das Missões

Ainda na seara das bandeiras vermelhas, a região de Palmeira das Missões apresentou piora em quatro indicadores de propagação e Covid-19, sendo que dois deles passaram da classificação amarela direta para a preta, indicando um maior avanço.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...