Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cidade
Com restrições, transporte coletivo volta na próxima segunda em Chapecó
Idosos não estão permitidos a ingressar nos ônibus, diz secretária de governo.
ClicRDC
por  ClicRDC
19/06/2020 13:47 – atualizado há 22 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

Durante coletiva de imprensa, na manhã desta sexta-feira (19), o prefeito de Chapecó afirmou que o transporte coletivo volta na próxima segunda-feira (22), mas com algumas restrições. De acordo com a Secretária de Governo, Fernanda Danieli, o transporte vai voltar com 50% da capacidade e com algumas restrições que serão impostas – entre elas, a proibição da entrada de idosos nos ônibus.

“ O transporte retorna de forma gradual e lenta, não retorna 100% das linhas, não retorna todos os horários. O transporte retorna de segunda a sexta, e aos sábado apenas até as 14h”, destacou Fernanda.

Desde o dia 8 de junho, o Governo do Estado liberou a retomada da atividade em Santa Catarina, mas cabe aos municípios a decisão da liberação ou restrição. Uma ferramenta do Governo foi disponibilizada aos municípios para auxiliar na decisão de manter ou não serviço. Conforme o prefeito, essa ferramenta é utilizada em Chapecó e é usada para avaliar a situação do município.

Foto: Alexandre M. Sanches/ Ônibus Brasil

De acordo com a secretária, o transporte retornará mas com prioridade a locomoção para trabalhadores que necessitam do transporte, e não será uma locomoção para lazer. Ainda segundo Fernanda, os horários e itinerário serão divulgados no site da Prefeitura Municipal de Chapecó e da empresa Auto Viação. “Essa é uma decisão que diariamente será avaliada por nossa equipe, para que alguns ajustes pontuais sejam feitos. Não será permitido o pagamento em dinheiro dentro do ônibus, só será permitido o uso de cartão”, ressaltou.

“Os ônibus vão circular com 50% de sua capacidade, não poderá transitar com mais que isso, os motoristas estão autorizados a não parar em pontos caso atinja a capacidade de 50%. Nos ônibus serão disponibilizados álcool em gel e materiais informativos, todos terão que usar máscaras. Os ônibus serão desinfectados no final de cada turno que serão três vezes ao dia”, disse Fernanda Danielli.

Os ônibus terão que transitar com todas as janelas abertas, e todos os colaboradores da empresa serão orientados sobre a medida, as pessoas de grupo de risco estão proibidas de adentrar o ônibus.

“As pessoas do grupo de risco ou seja, pessoas acima de 60 anos, não estão permitidas a entrar nos ônibus, porque esse grupo precisa permanecer em casa. Esse retorno não significa que nossa vida voltou ao normal”, finalizou a secretária.

Além disso todos os motoristas da empresa farão testes, para uma maior segurança de todos que adentrarem os ônibus da empresa.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...