Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Isac Nóbrega/PR -
Saúde
Bolsonaro justifica atraso de divulgação de dados sobre o coronavírus no País
Segundo o presidente, a pasta “adequou a divulgação dos dados sobre casos e mortes relacionados ao Covid-19”.
Correio Brasiliense
por  Correio Brasiliense
06/06/2020 11:16 – atualizado há 6 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

O presidente Jair Bolsonaro foi ao Twitter neste sábado (6) para justificar os atrasos na divulgação de dados do Ministério da Saúde. Segundo o presidente, a pasta “adequou a divulgação dos dados sobre casos e mortes relacionados ao Covid-19”.

Na sexta-feira (5), ao ser questionado sobre o terceiro dia com atraso seguido na divulgação de mortos e infectados por coronavírus, Bolsonaro disse que “acabou matéria no Jornal Nacional”. Ele não disse que o atraso fosse ordem dele. “Não interessa de quem partiu (a ordem). Acho que é justa essa ideia da noite, sair o dado completamente consolidado”, disse o presidente.

O primeiro atraso, com divulgação às 22h, foi na quarta-feira (3), quando foram confirmadas em 24h, 1.349 mortes, número recorde. No dia seguinte, novo recorde: 1.473.

Bolsonaro também disse que “ninguém tem de correr para atender a Globo” e cobrou que sejam divulgados apenas os números de pessoas que morreram naquele dia.

Portal de dados sobre coronavírus do Ministério da Saúde segue fora do ar e pasta quer recontagem

O portal https://covid.saude.gov.br, plataforma do Ministério da Saúde que informava os dados diários sobre o coronavírus no Brasil, segue fora do ar, desde sexta-feira (5). A pasta anunciou recontagem.

Desde quarta-feira (3), as informações no portal começaram a ser divulgadas somente às 22h. No primeiro dia, a informação é de que o ocorrido devia-se a problemas técnicas. Neste dia foram confirmadas em 24h, 1.349 mortes, número recorde. No dia seguinte, novo recorde: 1.473. Já nesta sexta-feira (5) o site ficou fora do ar e o ministério informou que irá fazer uma recontagem.

Também na sexta-feira, ao ser questionado sobre o terceiro dia com atraso seguido na divulgação de mortos e infectados por coronavírus, Bolsonaro disse que “acabou matéria no Jornal Nacional”. Ele não disse que o atraso fosse ordem dele. “Não interessa de quem partiu (a ordem). Acho que é justa essa ideia da noite, sair o dado completamente consolidado”, disse o presidente.

Já neste sábado (6) Bolsonaro foi ao Twitter justificar os atrasos na divulgação de dados do Ministério da Saúde. Segundo o presidente, a pasta “adequou a divulgação dos dados sobre casos e mortes relacionados ao Covid-19”.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...