Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Santa Catarina
Juíza autoriza reabertura da Seara Ipumirim e evita abate sanitário de 650 mil aves
Segundo uma fonte do setor, a principal discordância entre o Grupo JBS, dono da Seara, e o Ministério Público do Trabalho envolve a distância entre os trabalhadores nas linhas de produção.
NSCTotal
por  NSCTotal
30/05/2020 17:52 – atualizado há 25 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

Em despacho divulgado neste sábado, a juíza substituta da Vara do Trabalho de Concórdia, Paula Naves Pereira dos Anjos, autorizou a reabertura da unidade de Ipumirim, da Seara Alimentos, neste mesmo dia (30 de maio). A unidade está fechada desde o dia 18 deste mês por decisão do Ministério Público do Trabalho (MPT-SC), em função de exigências de normas para prevenção ao coronavírus. Com essa decisão, a juíza evita o abate sanitário de 650 mil frangos a partir da próxima semana, o que seria um gigantesco problema ambiental para Santa Catarina.

A Seara informou à Secretaria de Estado da Agricultura que esse abate seria necessário porque não existem outras unidades com capacidade para absorver essa produção em campo. O problema gerou muita apreenssão porque em todas interdições feitas nas Américas (EUA e Brasil) devido à Covid-19, em nenhuma foi necessário abate sanitário com a colocação de animais em valas ou em aterro sanitário. Tanto nos EUA quanto na unidade da BRF no RS, havia frigorífico disponível para abate e a carne foi destinada à produção de farinha.

Segundo uma fonte do setor, a principal discordância entre o Grupo JBS, dono da Seara, e o Ministério Público do Trabalho envolve a distância entre os trabalhadores nas linhas de produção. Tanto a norma estadual quanto a federal dizem que quando não é possível manter uma distância de 1,5 metro entre as pessoas, é necessário colocar barreira física ou uso de máscara e face shield. O MPT não estava aceitando essa alternativa de barreira física, embora seja adotada em diversas outras empresas. Entrou com uma ação quinta-feira determinando mais 14 dias de fechamento da unidade. A decisão da juíza suspendeu essa decisão.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...