Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Rio Grande do Sul
Porto Alegre chega a 34 mortes pela Covid-19; total no RS sobe para 211
Na capital, sobe o número de pacientes com Covid-19 em UTIs
CP
por  CP
28/05/2020 10:12 – atualizado há 2 dias
Continua depois da publicidadePublicidade

Mais dois óbitos de pacientes internados com o novo coronavírus foram confirmados, na noite desta quarta-feira, em Porto Alegre. A cidade passa, com isso, a registrar 34 mortes em razão da doença. No Rio Grande do Sul, o total sobe para 211.

Uma das vítimas, um homem de 89 anos, morreu na UTI do Hospital de Clínicas em 23 de maio. Os exames confirmaram a infecção hoje. Internado desde 28 de abril, ele tinha histórico de doença cardiovascular e hipertensão. O segundo óbito, ocorrido nesta quarta-feira no Hospital Porto Alegre, envolveu uma mulher de 49 anos, sem comorbidades e internada na UTI desde 1⁰ de maio.

Foto: Alina Souza/CP

Sobe o número de pacientes com Covid-19 em UTIs de Porto Alegre

A taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) segue praticamente estável em 72% nos hospitais do Rio Grande do Sul pela terceira semana seguida. Contrastando com essa realidade, entre os 16 hospitais de Porto Alegre, a mesma taxa segue em elevação no mesmo período, assim como a quantidade de pacientes confirmados e com suspeita de Covid-19, que disparou.

No dia 13, a capital tinha 72,61% dos leitos ocupados; no dia 20, já eram 78,66% e, nesta quarta-feira, 80,13%. O número de pacientes confirmados e com suspeita da doença avançaram 41%, passando de 56 para 79. Apesar da aceleração, esses doentes respondem por apenas 15,8% das pessoas internadas em estado grave na cidade. Em nível estadual, esse índice é de 17,7%.

Até a tarde desta quarta, o Rio Grande do Sul tinha 1.362 pacientes para 1.883 leitos de UTI, o que corresponde a 72,3% de ocupação. Desse número, 139 tinham Covid-19 confirmada e 102, suspeita de infecção. A região Metropolitana e o Norte gaúcho possuem as maiores taxas de ocupação, com 76,7% e 76,9%, respectivamente.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...