Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Divulgação
Ciência
Divulgados relatórios do Pentágono sobre “OVNIs”
Segundo informou a CNN, existe a possibilidade de que esses "drones" estejam sendo operados por um adversário dos EUA, como a Rússia ou a China.
CNN
por  CNN
14/05/2020 14:36 – atualizado há 16 dias
Continua depois da publicidadePublicidade

Oito relatórios do Pentágono sobre "fenômenos aéreos não identificados" foram divulgados pela imprensa americana, revelando detalhes sobre os vídeos, divulgados no mês passado pelo Pentágono, em que aeronaves da Marinha dos EUA se depararam com objetos ou fenômenos não identificados.

Um dos relatórios, de março de 2014, descreve o que parece ser uma aeronave pequena, aproximadamente do tamanho de uma mala, de cor prata. Os pilotos, porém, não conseguiram identificá-la.

Em outro, de novembro de 2013, um piloto da Marinha visualizou uma "aeronave pequena", com uma envergadura de aproximadamente 1,5 metro, de cor branca e "sem outras características distinguíveis". "Devido ao tamanho pequeno, a aeronave foi identificada como um Sistema Aéreo Não Tripulado (UAS, na sigla em inglês)", diz o relatório."

"O termo UAS é usado para se referir a drones. Porém, a Marinha não foi capaz que identificar quem estava os operando. "Após o voo, a agência controladora entrou em contato com vários operadores locais de UAS, mas nenhum afirmou ter conhecimento" da aeronave não identificada, informou o relatório de novembro de 2013.

Os relatórios apontam para o risco que esses supostos drones não identificados representam para os voos tripulados. "De muitas maneiras, os" drones "representam um risco maior no ar que as aeronaves tripuladas. Eles são geralmente menos significativos visualmente e menos aparentes ao radar que as aeronaves tripuladas", diz um relatório. "Acho que pode ser apenas uma questão de tempo até que uma das nossas aeronaves F/A-18 tenha uma colisão no ar com um UAS não identificado", alertou um dos autores de um relatório.

Segundo informou a CNN, existe a possibilidade de que esses drones estejam sendo operados por um adversário dos EUA, como a Rússia ou a China, que pode estar buscando coletar informações sobre as operações militares americanas.

Os relatórios foram obtidos pelo Drive, site americano especializado em assuntos militares, por meio da Lei de Acesso à Informação (FOIA, na sigla em inglês). Os autores da reportagem afirmam que nem todos os relatórios sobre casos como estes foram liberados, nem o que trata sobre um vídeo de 2004, divulgado pelo próprio Pentágono. Eles também alegam que as novas informações mostram que "não há nenhuma prova de naves ou discos voadores extremamente exóticos com desempenho cinemático incrível", e que a natureza desses objetos não identificados provavelmente é terrestre e pode apresentar riscos para a defesa americana.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...