Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Divulgação/CBF
Esporte
CBF sugere retorno dos campeonatos estaduais a partir de 16 de maio
Na proposta, a CBF ressaltou que é preciso o aval das secretarias de saúde para o retorno.
Gazeta do Povo
por  Gazeta do Povo
28/04/2020 22:16 – atualizado há 28 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

Em reunião por videoconferência nesta terça-feira (28), a CBF sugeriu que as federações estaduais tentem viabilizar o retorno do futebol em aproximadamente 20 dias. A ideia é que os torneios sejam reiniciados, sem público, no fim de semana dos dias 16 e 17 de maio. A informação foi publicada inicialmente pelo jornal O Globo.

O cumprimento das datas, no entanto, não é uma determinação da entidade, especialmente porque o cenário da pandemia do novo coronavírus é diferente de estado para estado. Na conversa, a CBF ressaltou que é preciso o aval das secretarias de saúde para o retorno.

Na semana passada, a Federação Paranaense de Futebol (FPF) finalizou seu protocolo próprio para a volta das atividades. Agora, a FPF aguarda posicionamento do governo estadual para saber como proceder. A ideia inicial já era retomar os treinos no início de maio, com jogos na metade do mês.

No entanto, há clubes resistentes ao reinício na data sugerida, como Londrina e Paraná. O Coritiba, por outro lado, deve confirmar a reapresentação do elenco no início de maio. O Athletico ainda aguarda as autoridades de saúde para tomar uma decisão.

Nesta terça-feira (28), a Federação Catarinense teve o pedido de retorno gradual às atividades indeferido pelo governador Carlos Moisés. O motivo alegado é o "risco iminente de propagação do covid-19" em atividades coletivas.

No Paranaense, o cenário tem apenas 14 jogos em aberto. Oito pelas quartas de final, quatro das semifinais e outros dois das finais. O rebaixamento já foi definido, com a queda de PSTC e União. Além do campeão, falta a definição dos classificados à Copa do Brasil de 2021.

Confirmando seus retornos, os estaduais funcionariam como testes para a volta do Brasileirão. O campeonato nacional, no entanto, exige uma estratégia bem mais complexa, principalmente por causa dos deslocamentos aéreos interestaduais.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...