Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Santa Catarina
Santa Catarina tem 1.209 casos de coronavírus e nenhum óbito nas últimas 24h
Atualização ocorreu no final da tarde desta sexta-feira, em coletiva de imprensa.
NSCTotal
por  NSCTotal
24/04/2020 22:41 – atualizado há 48 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

Santa Catarina não registrou novos óbitos por coronavírus nas últimas 24h, segundo atualização do governo do Estado desta sexta-feira (24). A estabilidade no número de mortes foi comemorado pelo governador Carlos Moisés da Silva (PSL), no início da coletiva de imprensa. O número de pacientes contaminados, no entanto, continua a subir. Há 1.209 novos casos, 39 a mais do que no dia anterior.

Atualização dos casos de coronavírus em SC(Foto: Julio Cavalheiro)

Em transmissão ao vivo, Moisés reforçou os cuidados que as pessoas do grupo de risco, as maiores de 60 anos e com comorbidades, devem ter durante o período de pandemia, porque são elas, as vítimas mais graves da Covid-19.

- Não temos a cura, não temos remédio para tratar e nem a prevenção, que seria a vacina. É um cenário novo, que traz apreensão para todos. A incerteza que tivemos em todos os países onde a pandemia já passou, se instala aqui em Santa Catarina também - comentou.

Ao lado do governador, o secretário Helton Zeferino também trouxe números positivos em relação a taxa de ocupação de leitos do Sistema Único de Saúde (SUS), em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Conforme o secretário, a taxa é de 15.33% nesta sexta-feira, a mais baixa da semana.

- São 66 pacientes em leito de UTI na rede pública. Informo, então, que temos disponíveis 298 leitos novos no SUS, além dos 100 bloqueados - disse.

No total, 111 pacientes estão internados em leitos de UTI entre as redes hospitalares pública e privada. Desses, 52 são pessoas já com confirmação de Covid-19 e outras 59, suspeitos. Deram alta de UTI para enfermarias 167 pacientes. O número é o mesmo do dia anterior.

Antes de encerrar a coletiva, Zeferino agradeceu a parcela da população catarinense que já entendeu a importância das recomendações do governo do Estado e fez um apelo àquelas que ainda relutam:

Que procurem conhecer as regras e entender, para termos uma possibilidade maior do enfrentamento (do coronavírus) em Santa Catarina.

Carlos Moisés ainda fez um alerta sobre a chegada do inverno no Sul do país e reforçou os cuidados essenciais para reduzir a transmissão da doença em Santa Catarina.

O frio vai chegar agora em maio, junho e julho, quando vamos ter gripes sazonais e também quem sofre de asma e bronquite. E, por isso, precisamos estar alertas e fazer a lição de casa. Higienizar bem as mãos, frequentar apenas os locais que cumpram rigorosamente com as regras estabelecidas e sair somente se for necessário - encerrou.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...