Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Economia
Presidente da Fiergs defende retomada da indústria no RS ainda em abril
Proposta do governo detalhada ontem por Eduardo Leite, contudo, prevê início do plano de distanciamento social controlado a partir do próximo mês.
CP
por  CP
22/04/2020 08:55 – atualizado há 49 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

As medidas anunciadas ontem pelo governador Eduardo Leite foram recebidas com cautela pelo setor industrial. Apesar de a proposta, batizada de 'distanciamento social controlado', ser o primeiro sinal sólido da possibilidade da retomada da atividade econômica no Estado, setores empresariais sinalizaram frustração com o prazo estipulado para o início da implementação – a partir de maio.

Gilberto Petry avalia que reabertura das indústrias deveria ocorrer em 28 de abril | Foto: Alina Souza / CP Memória

O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs), Gilberto Porcello Petry, avalia que é preciso mais celeridade. “Nada sinaliza que antes do mês de maio elas (as medidas) ocorrerão. O que significa uma preocupação adicional às indústrias que já estão com um fluxo de caixa muito baixo.”

Petry pondera, ainda, que para o comércio começar a funcionar no próximo mês, o setor industrial precisará retomar a produção antes. “Não adianta as indústrias produzirem se o comércio não consegue colocar os produtos produzidos no mercado. Isto significa que embora o governador tenha nos ouvido, tenha sido bastante acolhedor em nossas pretensões, nós entendemos que deveria começar antes, digamos que no dia 27 de abril”, sugere.

Dentro da iniciativa do governo estadual para a nova etapa do distanciamento social, será necessário o diagnóstico de cada região do Rio Grande do Sul, considerando o nível de transmissão e a capacidade do sistema de saúde. Além disso, há também o uso de cores (verde, amarelo, laranja e vermelho), que irão determinar o risco em cada localidade, sendo a bandeira verde indicando uma maior flexibilização de medidas e a bandeira vermelha apontando para a necessidade de uma maior restrição.

De acordo com o Executivo, a implementação desta etapa do combate à Covid-19 deverá ocorrer na primeira semana de maio. A iniciativa ainda depende de proposições de setores da economia gaúcha, que poderão enviar ideias e sugestões à administração estadual até a próxima semana.

Como prevenir o contágio do novo coronavírus

De acordo com recomendações do Ministério da Saúde, há pelo menos cinco medidas que ajudam na prevenção do contágio do novo coronavírus:

• lavar as mãos com água e sabão ou então usar álcool gel.

• cobrir o nariz e a boca ao espirrar ou tossir.

• evitar aglomerações se estiver doente.

• manter os ambientes bem ventilados.

• não compartilhar objetos pessoais.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...