Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cidade
Família de garoto que doou R$ 21,45 para hospital de Antônio Prado ganha casa nova
Segundo a defensora pública, a família ficará na nova moradia por um ano com o auxílio do aluguel social, arcado pela prefeitura.
GZH
por  GZH
15/04/2020 15:35 – atualizado há 20 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

O menino Leonardo Cambruzzi Maziero, de 11 anos, que ganhou destaque na última semana após doar R$ 21,45 ao Hospital São José, de Antônio Prado, já mora em uma casa nova. A história do garoto ficou conhecida depois que ele coletou latinhas de alumínio, vendeu e doou a quantia arrecadada para o único hospital da cidade com o objetivo de colaborar no combate à pandemia de coronavírus.

Léo, 11 anos, e o irmão Eduardo, quatro, na frente da casa nova da família no bairro Panorâmico Antonio Valiente / Agencia RBS

Léo, como é conhecido pela família e amigos, morava em uma casa simples, alugada na Linha Scavuzzi, com a mãe Zuleide Cambruzzi, o pai, Adair Maziero e os irmãos Eduardo, quatro, e Rafael, 13. A família havia recebido ordem para deixar a moradia e recorreu à Defensoria Pública, que intermediou o caso junto à administração municipal. Eles iniciaram mudança na quinta-feira (9) e estão desde o domingo de Páscoa sob um teto confortável, livre de frestas.

A família, segundo a mãe, conta com auxílio do Bolsa Família, no valor de R$ 212, e o Benefício de Prestação Continuada à Pessoa com Deficiência, que equivale a um salário mínimo. Conforme a defensora pública Danusa Antonia Ceccato, a família recebe o acompanhamento da assistência social desde fevereiro, bem antes de o menino praticar o gesto solidário.

— A assistência foi até o local e atestou que era bem precário. No início de março, meu colega entrou com uma ação judicial pedindo direito à moradia. Em Antônio Prado, o pedido foi indeferido em função da legislação eleitoral. Mas recorremos ao Tribunal de Justiça e, no dia 25 de março, houve a determinação para que eles fossem inseridos em um programa habitacional ou que o município concedesse o aluguel social — explica Danusa.

Segundo a defensora pública, a família ficará na nova moradia por um ano com o auxílio do aluguel social, arcado pela prefeitura. Após, a expectativa é que Léo, os pais e os dois irmãos devam entrar em algum programa habitacional do município para garantir uma residência fixa.

— Pelo menos, momentaneamente, eles vão ter essa moradia digna — reforça a defensora pública.

“Agora a gente consegue apreciar a chuva”

Antonio Valiente / Agência RBS

Se antes a chuva era vista como um grande sofrimento para a família Cambruzzi Maziero, agora as pequenas gotas são celebradas. Zuleide conta que a moradia nova em nada lembra a casa antiga, cheia de frestas. A casa atual, no bairro Panorâmico, tem dois quartos, sala, cozinha e banheiro.

— Teve uma noite dessas, depois da mudança, que estava chovendo e a gente levantou para apreciar a chuva, sem se molhar. Antes, quando chovia, tínhamos que abrir o guarda-chuva dentro de casa. Agora, a vontade é de chorar, mas de alegria — se emociona Zuleide.

— Não chove dentro — completa, timidamente, Léo, por telefone.

Segundo Zuleide, após a repercussão da doação dos R$ 21,45 do Léo para o hospital, a família recebeu doações de móveis e também de alimentos. Quem ainda quiser ajudá-los pode entrar em contato pelos telefones (54) 99648-6677 e 9182-7449.

Hospital segue com campanha


O Hospital São José segue com a campanha para arrecadar recursos para a compra de respiradores. O movimento para auxiliar a instituição é liderado pela Câmara de Indústria, Comércio, Serviços e Agropecuária (CIC) de Antônio Prado, e a Associação Industrial, Comercial, Serviços e Agricultura (Acisa) de Ipê. As duas entidades também doaram R$ 130 mil para a compra dos equipamentos.

Como ajudar:
Banco: Sicredi
Razão social: Sociedade Hospitalar São José
Agência: 0259
Conta: 31983-0
CNPJ: 87.277.000/0001-11

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...