Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Segurança
Ronaldinho deve ficar na cadeia até a Páscoa
Novo coronavírus impõe lentidão à investigação das autoridades paraguaias
Correio do Povo
por  Correio do Povo
03/04/2020 13:24 – atualizado há 35 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

Ronaldinho Gaúcho deverá permanecer preso no Paraguai pelo menos até o domingo de Páscoa, no próximo dia 12. Segundo noticiou o canal esportivo ESPN Brasil, a investigação envolvendo o jogador está paralisada devido ao coronavírus. Ele está detido na Agrupación Especializada, em Assunção, ao lado do irmão mais velho, Roberto Assis Moreira, desde o dia 6 de março por terem tentado entrar no Paraguai com documentos falsos.

Ronaldinho Gaúcho e o irmão Roberto Assis Moreira seguem presos no Paraguai | Foto: Norberto Duarte / AFP / CP memória

A detenção deve prosseguir porque as investigações do Ministério Público do Paraguai em relação ao caso estão em ritmo lento devido à quarentena imposta pelo governo do país para toda a população. Os serviços estatais estão trabalhando de forma limitada. E, por causa disso, a perícia nos celulares do pentacampeão mundial e de seu irmão Roberto Assis também atrasou.

Os telefones já estão em posse dos advogados dos irmãos. Existem duas hipóteses para isso ter ocorrido − uma é o Ministério Público ter feito um espelhamento dos arquivos, fazendo cópia de toda a memória dos aparelhos. A outra é a de a Justiça ter devolvido parte dos celulares, tendo em posse ainda outros dispositivos dos irmãos. O laudo pericial não está concluído. A tendência é que o trabalho seja acelerado na segunda quinzena deste mês.

Ronaldinho já teve três pedidos negados pela justiça paraguaia para deixar a prisão, que é de alta segurança. Ele divide com Assis um quarto no pavilhão que funciona como regime semiaberto. O ex-craque se distrai jogando futsal, futevôlei e até participando de churrascos.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...