Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cidade
Álcool e alimentos são doados para unidades de saúde a partir da união entre campi do IFRS e empresas
Campi Erechim e Sertão auxiliam unidades de saúde do Alto Uruguai com donativos
Assessoria IFRS
por  Assessoria IFRS
01/04/2020 21:51 – atualizado há 1 minuto
Continua depois da publicidadePublicidade

Em tempos difíceis, a solidariedade fala alto. No norte do Estado, os campi Erechim e Sertão do Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS) uniram forças. O Campus erechinense recebeu a doação de 240 litros de álcool 92,8 GL do Campus Sertão e transformará o produto em álcool líquido 70%, utilizado para a limpeza de superfícies, e em álcool líquido 70% com glicerina, para a higienização de mãos. A operação ocorre nos laboratórios do campus por servidores voluntários.

A ação conta com diversos parceiros: Indústria Koller (doou álcool), Olfar de Erechim (glicerina), Dassoler de São Valentim (embalagens), Lupulando Cervejaria de Erechim (embalagens), Grudi Adesivos de Erechim (rótulos) e Movimento em Defesa da Democracia, Educação Pública e Direitos Sociais.

Segundo o diretor de Ensino do Campus Erechim, professor Giovane Rodrigues Jardim, a entrega ocorre de forma gradual. Serão cerca de 500 litros de álcool para a rede de saúde da região do alto Uruguai.

Interessados em colaborar com insumos podem entrar em contato pelo e-mail giovane.jardim@erechim.ifrs.edu.br ou pelo telefone (54) 99194-3786.

Alimentos saem da horta do Campus Sertão e são destinados a hospitais e lar de idosos

Com a suspensão temporária das atividades letivas, o Campus Sertão do IFRS entra na terceira semana de doação de seu estoque de alimentos perecíveis e dentro da validade de verduras e legumes de produção própria do campus. Até agora, foram beneficiados o Hospital São José de Sertão-RS e o Hospital São Roque e Lar dos Idosos de Getúlio Vargas-RS.

Da produção própria das hortas do campus, já foram doados 200 quilos de tomate, 60 quilos de abobrinha, 60 quilos de beterraba, 80 pés de alface e 20 quilos de pepino. Para as próximas semanas, também serão doados milho verde, almeirão, couve-folha e tempero verde.

Também foram doados alimentos perecíveis que já estavam adquiridos e perderiam a validade até o retorno das aulas: 30 dúzias de ovos, 30 quilos de farinha de milho, 20 quilos de batata inglesa, 120 quilos de melão espanhol, 70 quilos de melancia, 20 quilos de tomate saladete e 24 quilos de salsicha.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...