Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Jovempan
Chuvas na Baixada Santista deixam nove mortos e seis desaparecidos
De acordo com a Defesa Civil Estadual, houve deslizamentos de terra em diferentes cidades do litoral de SP e um comitê de crise será instalado.
G1
R7
Jovem Pan
por  G1 , R7  e Jovem Pan
03/03/2020 08:28 – atualizado há 15 dias
Continua depois da publicidadePublicidade

As fortes chuvas que caíram sobre a região da Baixada Santista na madrugada desta terça-feira (3) provocaram ao menos nove mortes nas cidades de Guarujá, Santos e São Vicente, de acordo com a Defesa Civil do Estado de São Paulo. Ao menos seis pessoas continuam desaparecidas.

Um bombeiro morreu na cidade de Guarujá em decorrência das fortes chuvas que atingiram a Baixada Santista nesta segunda-feira (2). A Defesa Civil informou que a morte aconteceu no Morro do Macaco Molhado quando o bombeiro trabalhava no resgate de moradores que ficaram soterrados após deslizamento de terra, e que outro bombeiro está desaparecido.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, duas pessoas morreram na cidade de São Vicente, também num deslizamento de terra, e há cinco pessoas desaparecidas na Baixada Santista.

Quedas de barreiras e deslizamentos de terra provocados para chuvas intensas desde a noite de segunda-feira (2) interditam e causam lentidão em rodovias que dão acesso para diversas cidades do litoral de São Paulo na manhã desta terça-feira (3).

Na rodovia Rio Santos (SP-55), que faz parte da BR-101, liga 12 estados brasileiros e interliga diversos municípios do litoral paulista, uma queda barreira interditou parcialmente o quilômetro 229, sentido oeste. Outra queda de barreira interrompeu a passagem dos veículos no quilômetro 237, também sentido oeste.

Um terceiro deslizamento de terra provocou interdição total na SP 061, rodovia que liga Guarujá a Bertioga, na altura do quilômetro 016, sentido norte e sul, e uma interdição parcial no quilômetro 017, sentido norte. As balsas estão operando normalmente.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE