Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Confeiteira humilhada comove a internet, ganha R$ 18 mil e abre cursos gratuitos para mães e crianças
Mais de 350 internautas já ajudaram na vaquinha virtual.
Jessé Queiroz
por  Jessé Queiroz
09/02/2020 10:13 – atualizado há 1 mês
Continua depois da publicidadePublicidade

A história de humilhação vivida pela confeiteira Cida Guilherme (50) comoveu a internet e proporcional um final feliz. Com a solidariedade de mais de 350 internautas, a confeiteira ganhou cerca de R$ 18 mil para adquirir materiais e retomar seu projeto social Confeiteiros Mirins, um curso gratuito de confeitaria para crianças do bairro Jardim Conquista, em São Paulo (SP).

O curso era bancado por Cida e seu marido, mas estava interrompido desde o ano passado por problemas financeiros.

confeiteira havia sido humilhada pela mãe de uma criança depois de fazer uma doação de bolo e salgados para a festa da filha.

Curso estava interrompido

O projeto que deu origem ao Confeiteiros Mirins havia começado em fevereiro do ano passado. Porém, a confeiteira teve de parar as atividades em novembro por problemas financeiros, já que todos os ingredientes e o local das aulas eram pagos do próprio bolso. 

“Moro de aluguel e eu dava as aulas com os ingredientes que meu esposo comprava sempre que recebia o pagamento. Mas ele foi mandado embora do trabalho recentemente e então tive que dar uma pausa”, contou.

Os problemas de saúde de Cida também dificultaram. No final do ano, ela sofreu três paradas cardiorrespiratórias, ficando durante 15 dias em coma.

“Tenho um sério problema de saúde e não posso trabalhar. Eu vim do Ceará em 2010 para fazer tratamento e fiquei. Quando acordei do coma, fiz um propósito com Deus que eu iria me dedicar a passar tudo que eu sei para crianças carentes. Então, quando sai do hospital, já comecei pôr em prática meu sonho de dar aulas as crianças”.

O episódio em que foi humilhada pela mãe de uma criança aconteceu logo em seguida.

Vaquinha online

A ação de solidariedade foi criada pelo site Razões Para Viver, que abriu uma campanha de vaquinha online e já arrecadou mais de R$ 18 mil para Cida manter seu projeto por mais um ano – a meta inicial era de R$ 14.238,00.

A campanha continua aberta para doações, que poderão ser feitas até o dia 15 de fevereiro nesse link.

Campanha de vaquinha online criada pelo site Razões Para Viver já arrecadou mais de R$ 18 mil para Cida manter seu projeto social.

Confeiteiros Mirins

O curso sem fins lucrativos Confeiteiros Mirins foi reativado após a criação da campanha de vaquinha online e hoje atende mais de 80 crianças carentes da comunidade de Jardim Conquista, em São Paulo. Lá, as crianças aprendem a fazer bolos, cupcakes e outros docinhos.

(Foto: Arquivo pessoal)

Curso para mães

Mas não para por aí. Conhecida por seu coração generoso, Cida decidiu estender seu curso gratuito para as mamães desempregadas do bairro.

“Eu presenciava as pessoas do bairro reclamando da falta de emprego, principalmente as mães. Então, certo dia, uma pessoa comentou comigo o sonho de aprender a fazer salgados e bolos para ajudar na renda da família, mas que um curso desse era muito caro. Orei e pedi direção a Deus para dar início a esse projeto e deu certo”, afirmou ela.
(Foto: Arquivo pessoal)

Cida explica que o número de mães deve aumentar com o término das férias escolares. “Agora que as crianças voltarão das férias, acredito que mais moradoras venham participar. Cerca de 25 mamães estão confirmadas. Inclusive, já pedi uma faixa para pôr na escola convidando as mamães.”

O trabalho da confeiteira Cida Guilherme pode ser acompanhado através de seu perfil no Facebook ou seu canal do Youtube.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE